???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/1848
Tipo do documento: Dissertação
Título: Reprodutibilidade do teste de degrau de seis minutos em pacientes com doença renal crônica em hemodiálise
Título(s) alternativo(s): Reproducibility of the 6-minute step test in patients with chronic renal disease on hemodialysis
Autor: Carneiro, Heverson Felipe Pranches 
Primeiro orientador: Jorge, Luciana Maria Malosá Sampaio
Primeiro membro da banca: Jorge, Luciana Maria Malosá Sampaio
Segundo membro da banca: Costa, Dirceu
Terceiro membro da banca: Moreno, Marlene Aparecida
Resumo: A inatividade física e o baixo nível de condicionamento físico entre os pacientes com doença renal crônica (DRC) em diálise são problemas multifatoriais e multinacionais que aumentam o risco de morbimortalidade por doenças cardiovasculares. Testes alternativos para avaliação da capacidade funcional estão ganhando espaço no âmbito da pesquisa. Objetivo: Avaliar a reprodutibilidade do Teste de Degrau de 6 minutos (TD6’) em pacientes com Doença Renal Crônica (DRC) em Terapia Renal Substitutiva (TRS) hemodiálise Métodos: Estudo transversal com 57 indivíduos adultos com doença renal crônica em terapia renal substitutiva com idade superior a 18 anos de ambos os gêneros. Os indivíduos foram submetidos ao protocolo de avaliação composto de 1º testes de degrau de 6 minutos (TD6) seguido de um intervalo de 30 minutos e novamente submetidos ao 2º TD6 e precedidos de: 1) aferição da pressão arterial (PA); 2) Averiguação do peso e altura e cálculo do índice de massa corpórea (IMC); 3) Averiguação da saturação de oxigênio periférica (SatO2 Periférica); 4) Aplicação do questionário Kidney Disease Quality of Life Short Form (KDQOL-SFTM). Os resultados demonstram que para a reprodutibilidade do TD6 em ambos os testes a distância vários de 54 a 114 degraus. O número de degraus no primeiro e segundo TD6 houve diferença estatisticamente significativa, (TD6-1 83,9+29,8 e 86,2+30,1), porém clinicamente isso não foi relevante. O TD6 demonstrou confiabilidade no teste-reteste (ICC=0,99). Em relação às dimensões do KDQOL-SF36TM, os valores médios dos escores encontrados variaram de 12,67 a 100,00. Dentre as 19 dimensões, as que apresentaram maior escores médio foram: suporte social (88,67), estimulo da equipe de diálise (100,00), função cognitiva (73,07), qualidade da interação social (84,00), e as dimensões que tiveram os menores escores médios foram: função física (14,00), sobrecarga da doença renal (45,00) e saúde geral (27,60). Conclusão: Os resultados obtidos na pesquisa mostram que o TD6’ é reprodutível para pacientes com DRC em TRS.
Abstract: Physical inactivity and low fitness level among patients with chronic kidney disease (CKD) on dialysis, are multifactorial problems and multinational companies that increase the risk for cardiovascular disease morbidity and mortality. The exercise is widely prescribed to reduce the risk of cardiovascular disease, but the exercise test, considered a gold standard for evaluation of functional capacity, can be impractical at high cost to perform the same. For this reason, alternative tests to assess functional capacity are gaining space in the context of the research. Objective: to evaluate the reproducibility of the 6-minute step test through the cardiorespiratory variables, subjective perception of Dyspnea and fatigue of the lower limbs in individuals with chronic kidney disease on hemodialysis therapy renal substitutive – methods: cross-sectional study with 57 adults with chronic kidney disease in renal substitutive therapy over the age of 18 years for both genders. Individuals were submitted to evaluation Protocol composed of 1 step tests of 6 minutes followed by a break of 30 minutes and again subjected to 2 step test of 6 minutes and preceded by: 1) measurement of blood pressure (BP); 2) the weight and height and calculation of body mass index (BMI); 3) Investigation of peripheral oxygen saturation (Peripheral SatO2); 4) application of Kidney Disease Quality of Life questionnaire Short Form (KDQOL-SFTM). First, the paired t-test was used to compare the number of steps, HR (bpm), percentage of predicted HR and Borg Dyspnea and Fatigue of the lower limbs, secondarily, the intraclass correlation coefficient (ICC) and confidence interval 95% (95% CI) to verify the reproducibility of the variables between the first and the second step test, the Bland-Altman method was used. The results demonstrate that for the reproducibility of the TD6 in both the various distance tests of 54 to 114 steps. The number of steps in the first and second TD6 had a statistically significant difference (TD6-1 83.9 + 29.8 and 86.2 + 30.1), but clinically this was not relevant. The TD6 demonstrated test-retest reliability (ICC = 0.99).
Palavras-chave: doença renal crônica
teste do degrau de 6 minutos
chronic kidney disease
6-minute step test
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Nove de Julho
Sigla da instituição: UNINOVE
Departamento: Saúde
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação
Citação: Carneiro, Heverson Felipe Pranches. Reprodutibilidade do teste de degrau de seis minutos em pacientes com doença renal crônica em hemodiálise. 2016. 50 f. Dissertação( Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação) - Universidade Nove de Julho, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/1848
Data de defesa: 12-Dec-2016
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Heverson Felipe Pranches Carneiro.pdfHeverson Felipe Pranches Carneiro517,75 kBAdobe PDFDownload/Open Preview    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.