Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/531
Tipo do documento: Dissertação
Título: Resistência na Casa Grande: história e cultura afro-brasileira na educação de adultos.
Autor: Silva, Neide Cristina da 
Primeiro orientador: Romão, José Eustáquio
Primeiro membro da banca: Silva, Mauricio Pedro da
Segundo membro da banca: Feitosa, Sônia Couto Souza
Terceiro membro da banca: Taveira, Adriano Salmar Nogueira e
Resumo: O presente estudo, intitulado Resistência na casa grande: história e cultura afro-brasileira na educação de adultos , teve como objeto investigar e analisar se e como os estudantes que se autodenominam negros, na Educação de Adultos da Cidade Tiradentes, foram impactados com o estudo de História e da Cultura Afro-brasileira. A problemática que estimulou esta pesquisa, foi a visão negativa que o/a estudante negro/a da EDA forma de si e dos seus pares, em decorrência da desvalorização da sua origem e cultura. A hipótese apresentada é que, por Cidade Tiradentes ser um distrito formado majoritariamente por negros e seus habitantes sejam, constantemente, discriminados, a introdução da disciplina História e Cultura e Afro-brasileira promove a tomada de consciência e criticidade, além de ser um instrumento da conscientização da negritude dos (as) educandos (as) do Ensino Médio da EDA. Referente aos métodos e procedimentos, em um primeiro momento utilizou-se pesquisa exploratória e bibliográfica que permitiu obter informações já catalogados. Na segunda fase, concretizou-se o estudo de campo que buscou traçar um perfil dos educandos da EDA e confirmar ou negar a hipótese. A análise e interpretação utilizaram as categorias de Alienação e Conscientização, tendo como referência a obra do educador Paulo Freire. Os resultados indicam que a maioria dos educandos são mulheres, a idade predominante é de 18 a 25 anos, ( 66% ) se autodenominam negros (as), possuem baixa qualificação profissional e baixa renda. Referente aos estudos afro-brasileiros, tem-se que ainda persiste a abordagem do negro como escravo e subalterno, mas como o caminho se faz caminhando , existem abordagens significativas na Cidade Tiradentes, que são instrumentos da tomada de consciência de seus educandos.
Abstract: This present study, entitled Resistance in the big house: history and culture African-Brazilian in adult education , had as a target to investigate and analyze whether and how the students call themselves as black, in Adult Education in Tiradentes City, were impacted with the study of the History and Afro-Brazilian Culture. The issue which encouraged this research was the negative vision that the black student of EDA sees about him/herself and about his/hers colleagues, due to a devaluation of their origin and culture. The hypothesis presented is that, as Tirantes City is a district formed mostly by black people and its inhabitants are, constantly, discriminated, the introduction of the History and Culture Afro-Brazilian discipline promotes awareness and criticalness, besides being an instrument of awareness of blackness of the EDA High School learners. Regarding the methods and procedures, at first it was used an exploratory research and bibliographic that allowed to get the information already cataloged. In the second phase, it was performed a field study that sought to draw a profile of the EDA students and to confirm or to deny the hypothesis. The analysis and the interpretation used the categories Alienation and Awareness, having as a reference the work of the educator Paulo Freire. The results indicate that the majority of students are women, the predominant age is between 18 to 25 years, ( 66% ) call themselves black, they have low professional qualification and low-income. Regarding to African-Brazilian studies, there is also whom still persists the approach of the black as a slave and subaltern, but as the path is made by walking , there are significant approaches in the Tiradentes City, that are instruments of the awareness from their students.
Palavras-chave: educação de adultos
cidade Tiradentes - SP
história e cultura afro-brasileira
adult education
Tiradentes city - SP
history and afro-brazilian culture
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Nove de Julho
Sigla da instituição: Uninove
Departamento: Educação
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citação: SILVA, Neide Cristina da. Resistência na Casa Grande: história e cultura afro-brasileira na educação de adultos.. 2013. 169 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Nove de Julho, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/531
Data de defesa: 27-Set-2013
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
B_Neide Cristina da Silva.pdf1,22 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.