Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/792
Tipo do documento: Dissertação
Título: Abrem-se as Cortinas do Teatro do Oprimido no Movimento de Alfabetização de Jovens e Adultos em Osasco
Autor: Santos, Francisca Maria dos
Primeiro orientador: Severino, Francisca Eleodora Santos
Primeiro membro da banca: Baptista, Ana Maria Haddad
Segundo membro da banca: Taveira, Adriano Salmar Nogueira e
Terceiro membro da banca: André, Carminda Mendes
Quarto membro da banca: Albuquerque, Helena Machado de Paula
Resumo: O objeto desta pesquisa é a contribuição do Teatro do Oprimido (TO) por meio da intervenção de exercícios, jogos e dramatizações para aquisição da leitura e da escrita em uma sala de alfabetização do Movimento de Alfabetização de Jovens e Adultos (MOVA). Os objetivos foram: identificar se os jogos utilizados contribuem para aquisição da leitura e da escrita; interpretar conceitualmente sua eficácia para apontar novos subsídios de ação e intervenção pela mediação dos jogos e exercícios do TO, praticados como metodologia pedagógica. Toma-se como referências a concepção freiriana de educação e os pressupostos do TO de Augusto Boal (1931-2009). Foram sujeitos da pesquisa uma educadora e sete educandas de um núcleo implantado no município de Osasco (SP). O primeiro passo foi a observação do planejamento da educadora e em seguida foram incorporados os jogos e exercícios do Teatro do Oprimido para que dessem sustentação às atividades realizadas. Foram realizados dez encontros semanais, com duração de três horas, com a educadora para planejamento e avaliação da atividade, e as educandas para a realização da intervenção pedagógica com os jogos, exercícios e dramatizações. Considerando o ser mais na perspectiva de educação libertadora de Freire (1987), esta pesquisa interventiva proporcionou que esse grupo de mulheres experimentasse, por meio da linguagem teatral, o conhecimento e o reconhecimento do corpo como uma dimensão fundamental dentro do processo de aquisição da leitura e da escrita. Os resultados da pesquisa mostraram também que os jogos e exercícios teatrais constituem-se como um caminho importante para a participação e o diálogo entre o seus pares, ampliando o reconhecimento de si e estabelecendo comunicação com o outro numa relação que firma a identidade articulando-a ao seu entorno. Trata-se de um meio de desenvolvimento de expressão e de trocas de experiências de vida. Desse modo, pôde ser vivenciado por um grupo de mulheres que detinha pouco domínio da escrita e da leitura. Entre as mulheres do grupo constatou-se o desenvolvimento da expressão corporal, ampliando a relação dialógica, fato que possibilitou a percepção de si e do outro como ferramenta para a compreensão de que a coletividade adquire grande potencial para a busca de soluções diante de situações e problemas vivenciados.
Abstract: The object of this research is the contribution of the Theatre of the Oppressed through the intervention of exercises, games and drama for the acquisition of reading and writing literacy in a room of the Youth and Adult Literacy Movement (MOVA). The objectives were to identify if games used contribute to the acquisition of reading and writing; conceptually interpret its effectiveness to appoint new subsidies for action and intervention by mediation of games and exercises TO practiced as a teaching methodology. Is taken as references to Freire's concept of education and the assumptions TO Augusto Boal (1931-2009). An educator and sevens educandas a nucleus implanted in Osasco (SP) were research subjects. The first step was the observation of planning educator and then were embedded games and exercises of the Theatre of the Oppressed to give support to activities undertaken. Ten weekly meetings, each lasting three hours, with the teacher for planning and evaluation activity, and educandas for the realization of educational intervention with the games, exercises and role plays were performed. Whereas the "be" in view of liberating education Freire (1987), this study provided that the intervening group of women to experience through the theatrical language knowledge and recognition of the body as a fundamental process within the dimension acquisition of reading and writing. The survey results also showed that the games and drama exercises constitute themselves as a major participation and dialogue between peers path, expanding the recognition of self and establishing communication with another in a firm that subjective identity, articulating -a to its surroundings. It is a means of developing speech and exchange of life experiences. Thus, it might be experienced by a group of women who had little knowledge of writing and reading. Among the women in the group found that the development of body expression, extending the dialogical relationship, a fact that enabled the perception of self and other as a tool for understanding that collectively acquire great potential for finding solutions in situations and experienced problems.
Palavras-chave: educação popular
teatro do oprimido
movimento de alfabetização de jovens e adultos
popular education
theatre of the oppressed
literacy for youth and adults movement
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Nove de Julho
Sigla da instituição: Uninove
Departamento: Educação
Programa: Programa de Mestrado em Gestão e Práticas Educacionais
Citação: SANTOS, Francisca Maria dos. Abrem-se as Cortinas do Teatro do Oprimido no Movimento de Alfabetização de Jovens e Adultos em Osasco. 2014. 116 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Nove de Julho, São Paulo, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/792
Data de defesa: 15-Dez-2014
Aparece nas coleções:Programa de Mestrado em Gestão e Práticas Educacionais

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Francisca Maria dos Santos.pdf2,78 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.