Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/873
Tipo do documento: Dissertação
Título: Ação da terapia laser de baixa potência nos efeitos deletérios da isquemia em rins destinados a transplante: um estudo pré-clínico.
Autor: Messias, Felipe de Moura 
Primeiro orientador: Martins, Rodrigo Alvaro Brandão Lopes
Primeiro membro da banca: Frigo, Lúcio
Segundo membro da banca: Marcos, Rodrigo Labat
Resumo: Introdução. A lesão renal aguda (LRA) está associada a um grau elevado de morbidez e mortalidade. A Isquemia e reperfusão (IR) é uma das principais causas de LRA. Atualmente, especialmente a citocina inflamatória TNF-, parece estar envolvida na lesão e não há agentes farmacológicos que comprovadamente possam prevenir a LRA após IR. Na última década, foi demonstrado que a Terapia Laser de Baixa Potência (LLLT) é capaz de inibir os marcadores inflamatórios incluindo citocinas (TNF- e IL-1). Objetivos. Nós investigamos o efeito da LLLT em citocinas inflamatórias em rim de rato após isquemia prolongada. Métodos. Após a aprovação do Comitê de Ética para Uso de Animais, ratos Wistar foram anestesiados com cetamina mais xilazina. A parede abdominal anterior foi incisionada na linha mediana. Ambos os rins foram retirados e colocados imediatamente em solução nutritiva gelada. Grupos tratados receberam a terapia a laser com 1,3,6 e 10 Joules de energia em momentos diferentes. Depois de 2, 12 e 24 horas os rins foram fixados para análise histológica e bioquímica. No grupo tratado a laser, uma dose de energia de 3 Joules foi entregue em dois pontos centralmente e, bilateralmente, 5 min após a reperfusão. Resultados. A análise bioquímica não revelou alterações significativas para as citocinas inflamatórias após a laserterapia. A avaliação morfológica demonstrou uma melhor organização tecidual nos grupos tratados com laser. Conclusões. Os resultados demonstraram que LLLT foi capaz de preservar o tecido renal de isquemia induzida por lesão.
Abstract: Introduction. Acute Kidney injury (AKI) is associated with a high degree of morbidity and mortality. Ischaemia-reperfusion injury (IRI) is one of the major causes of AKI. Currently, inflammatory cytokines specially TNF-α, seems to be involved in the injury and no pharmacological agents have proven to prevent AKI after IRI. In the last decade we demonstrated that LLLT is able to inhibit inflammatory markers including cytokines (TNF-α and IL-1 for example). Aims. Here we investigate the effect of LLLT on inflammatory cytokines in Rat kidney after prolonged ischemia. Methods. After approval of the Ethical Committee for Animal Use, Male Wistar rats were taken to the experiment table and anaesthetized with ketamine plus xilazyne. The anterior abdominal wall was incised on the median line. Both kidneys were excised and immediately placed in cold nutritive solution. Treated groups received laser therapy with 1,3,6 and 10 Joules of energy in different times. After 2, 12 and 24 hours the kidneys were fixed for histological and biochemical analysis. In the laser treated group, an energy dose of 3 Joules was delivered in two points centrally and bilaterally, 5 min after reperfusion. Results. Biochemical analysis revealed no significant alterations for inflammatory cytokines after LLLT. Morphological evaluation demonstrated a better cell organization in the laser-treated groups. Conclusion. Our results demonstrated that LLLT was able to preserve the renal tissue from ischemia-induced lesions.
Palavras-chave: Terapia Laser de Baixa Potência
Transplante Renal
Isquemia-reperfusão
Low Level Laser Therapy
Kidney Transplant
Ischaemia-reperfusion
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Nove de Julho
Sigla da instituição: UNINOVE
Departamento: Saúde
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação
Citação: MESSIAS, Felipe de Moura. Ação da terapia laser de baixa potência nos efeitos deletérios da isquemia em rins destinados a transplante: um estudo pré-clínico.. 2012. 94 f. Dissertação (Mestrado em Saúde) - Universidade Nove de Julho, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/873
Data de defesa: 4-Dez-2012
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
B_Felipe de Moura Messias.pdf2,35 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.