Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/1152
Tipo do documento: Dissertação
Título: Efeito agudo da galantamina em parâmetros hemodinâmicos e autonômicos em portadores da síndrome metabólica: estudo clínico prospectivo randomizado
Título(s) alternativo(s): Acute effects of galantamine on hemodynamic and autonomic parameters of patients with the metabolic syndrome: a randomized, prospective study
Autor: Costa, Fernando Oliveira
Primeiro orientador: Consolim-Colombo, Fernanda Marciano
Primeiro membro da banca: Trombetta, Ivani
Segundo membro da banca: Lopes, Heno
Resumo: A síndrome metabólica consiste na combinação de condições agrupadas e aumentam o risco para diabetes tipo 2 e doença cardiovascular. Seus componentes incluem obesidade central, níveis aumentados de glicose, dislipidemia caracterizada por aumento de triglicérides e baixos níveis de HDL e aumento da pressão arterial. Também está associada a um estado proinflamatório, a um estado protrombótico, a esteatose hepática não-alcoólica, apnéia obstrutiva do sono e a desordens reprodutivas. Apesar da não determinação de um mecanismo fisiopatológico unificador, obesidade central e inflamação parecem ser centrais na síndrome metabólica e nos seus componentes individuais. A síndrome metabólica tem alcançado proporções epidêmicas universais e até o presente não há intervenção farmacológica comprovada que atue simultaneamente em todos os seus componentes. Sabe-se hoje que o processo inflamatório tem um papel importante na patogenia da síndrome. Recentemente foi evidenciado que a inflamação pode ser regulada por mecanismos neurais colinérgicos, e que a galantamina, um inibidor da acetilcolinesterase, suprime a inflamação e atua nos componentes da síndrome diminuindo a patogenia em roedores. O fato de a galantamina ser uma droga já aprovada e de perfil seguro em portadores de demência facilita seu uso em outras situações clínicas. Considerando a hipótese de que a galantamina causará melhora da inflamação e dos outros distúrbios relacionados, o objetivo deste estudo foi iniciar a investigação sobre o perfil de segurança da galantamina em pacientes com síndrome metabólica, em especial, em parâmetros hemodinâmicos, autonômicos e de cognição. Realizamos um estudo prospectivo, duplo-cego e randomizado, que avaliou os dados clínicos e os parâmetros descritos, no momento basal e após 28 dias de uso de galantanima (8mg por dia), em portadores de síndrome metabólica. Houve uma tendência à redução da PAS, avaliada batimento-a-batimento com o Finometer no grupo que usou galantamina (124,4 ± 4 vs 119,7 ± 3,7 mmHg, respectivamente basal e após 28 dias de uso, p=0,04), o mesmo ocorrendo com a PAD (72,5 ± 1,3 vs 67,2 ± 1,7, p=0,005), respectivamente basal e após 28 dias de uso). De forma paradoxal, ocorreu um aumento da atividade simpática na modulação autonômica para o coração, avaliada por meio do estudo da variabilidade da freqüência cardíaca como atestado por um valor LF (nu) (46,2 ± 3,8 vs 57,1 ± 3,4 , p=0,0005)), e redução da modulação parassimpática, representada pelo valor do HF (nu) (53,8 ± 3,8 vs 43,0 ± 3,4, p=0,0005) respectivamente basal e após 28 dias de uso. Não observamos alterações significativas nos testes que avaliam o domínio cognitivo dos indivíduos. Concluímos que a dose utilizada de galantamina tem um perfil de segurança clínica que permite expandir seu uso em pacientes portadores de síndrome metabólica.
Abstract: The metabolic syndrome (MetS) consists of a combination of conditions that tend to cluster together, and increase the risk of type 2 diabetes and cardiovascular disease. The components of the metabolic syndrome include central (abdominal) obesity, elevated fasting glucose, dyslipidemia (abnormally high triglycerides and low high-density lipoprotein cholesterol), and elevated blood pressure. MetS is also associated with proinflammatory and prothrombotic states, non-alcoholic liver steatosis, obstructive sleep apnea and reproduction disorders. Although a common unifying physiopathological mechanism is not known, central obesity and inflammation play a major role in MetS and upon each of its components. The MetS has reached epidemic proportions and to date there are no proven pharmacological interventions that simultaneously target all of the components of this syndrome. Inflammation plays an important role in the pathogenesis of the MetS. Recently, it was discovered that inflammation can be regulated by neural, cholinergic mechanisms and a cholinergic drug, the acetylcholinesterase inhibitor galantamine suppresses abnormal inflammation and alleviates MetS pathologies in rodents. The fact that galantamine is an approved drug, used to treat patients with Alzheimer´s disease with a known safety profile, will facilitate its clinical application in another situations. We hypothesize that treatment of subjects with the MetS with galantamine will result in alleviation in the MetS clinical conditions and inflammation. The objective of our study was to initiate an investigation on the safety profile of galantamine in MetS patients, with special attention on autonomic, hemodynamic and cognitive parameters. A randomized, double-blind, prospective study evaluated clinical, autonomic, hemodynamic and cognitive variables of patients with MetS in two moments: before treatment (basal state) and after 28 days of treatment with galantamine 8 mg daily. There was a statistical tendency in reducing systolic blood pressure in the HRV with Finometer® in patients under galantamine (124.4 ± 4 vs 119.7 ± 3.7 mmHg, basal and 28 days values, respectively) and also a reduction in diastolic blood pressure (72.5 ± 1.3 vs 67.2 ± 1.7 mmHg, basal and 28 days values, respectively). Paradoxically, an increase in the sympathetic modulation of the heart was observed with the HRV study measuring the LF (nu) value (46.2 ± 3.8 vs 57.1 ± 3.4 basal and 28 days, respectively) and a decrease in the parasympathetic modulation HF (nu) value (53.8 ± 3.8 vs 43.0 ± 3.4, basal and 28 days, respectively). We did not observe any significant change in cognitive domains. Our conclusion is that treatment with galantamine 8 mg exhibits a safe clinical profile and can be used in MetS patients.
Palavras-chave: síndrome metabólica
via colinérgica antiinflamatória
variabilidade da freqüência cardíaca
balanço autonômico
galantamina
metabolic syndrome
cholinergic anti-inflammatory pathway
heart rate variability
autonomic balance
galantamine
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Nove de Julho
Sigla da instituição: UNINOVE
Departamento: Saúde
Programa: Programa de Mestrado em Medicina
Citação: Costa, Fernando Oliveira. Efeito agudo da galantamina em parâmetros hemodinâmicos e autonômicos em portadores da síndrome metabólica: estudo clínico prospectivo randomizado. 2014. 103 f. Dissertação( Programa de Mestrado em Medicina) - Universidade Nove de Julho, São Paulo .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bibliotecadigital.uninove.br/handle/tede/1152
Data de defesa: 21-Fev-2014
Aparece nas coleções:Programa de Mestrado em Medicina

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Fernando Oliveira Costa.pdfFernando Oliveira Costa1,17 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.