???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/1166
Tipo do documento: Dissertação
Título: A maturidade da gestão do conhecimento: o caso de uma empresa de grande porte
Título(s) alternativo(s): Knowledge management maturity: the case of a large company
Autor: Silva, Rodolfo Ribeiro da 
Primeiro orientador: Pedron, Cristiane Drebes
Primeiro membro da banca: Oliveira, Mírian
Segundo membro da banca: Silva , Filipe Quevedo Pires de Oliveira e
Resumo: A gestão do conhecimento (GC) vem sendo entendida por acadêmicos e por executivos como um fator crítico para o sucesso das organizações, o que indica a necessidade de se evoluir nas pesquisas sobre o tema. Contudo, a avaliação da gestão do conhecimento ainda hoje é uma das atividades mais difíceis para as empresas, sendo parte desta complexidade explicada pelo fato do conhecimento ser um ativo intangível, o que dificulta a sua avaliação em termos de processos e resultados. A partir dos anos 90, foram criados modelos de maturidade com o intuito de indicar o nível que uma empresa se encontra em relação à sua GC. Por meio da avaliação de uma série de fatores, os modelos de maturidade permitem que as organizações aprimorem os seus processos de GC e, por consequência, aprimorem seus resultados nessa área de gestão. Apesar de serem encontrados na literatura diferentes modelos de maturidade em gestão do conhecimento, não se encontrou um refinamento sobre como os diversos fatores que formam a GC se relacionam. Sendo assim, a questão que esta pesquisa buscou responder foi: há relação entre os construtos que compõe um modelo de maturidade de gestão do conhecimento? Por conseguinte, o objetivo deste estudo foi identificar a relação entre os construtos de um modelo de maturidade em gestão do conhecimento em uma empresa de grande porte, a partir da percepção dos seus funcionários. Esta pesquisa utilizou o modelo proposto por Oliveira e Pedron (2014). Segundo este modelo, a maturidade da GC em uma empresa é avaliada em cinco níveis (de zero a quatro) mediante mensuração de quatro fatores-chave, que são: ambiente interno, ambiente externo, conteúdo e processo. O estudo é de natureza quantitativa, tendo sido realizada uma survey. O instrumento de coleta de dados foi respondido por 196 funcionários de uma empresa de grande porte brasileira. Os dados foram coletados e tratados por meio de análises estatísticas descritivas e de modelagem de equações estruturais utilizando o software PLS. Os resultados deste estudo indicam [1] se confirmam oito das treze hipóteses de relações entre os construtos propostas no modelo de Oliveira e Pedron (2014) e [2] que a empresa em questão encontra-se, segundo o modelo estudado, no estágio três de maturidade, denominado desenvolvimento.
Abstract: Knowledge Management (KM) has been understood by academics and executives as a critical factor for the organizations success, which indicates the need to progress in research on the subject. However, the evaluation of knowledge management is still one of the hardest activities for companies, being part of this complexity explained by the fact that knowledge is an intangible asset, making it difficult to review in terms of processes and results. From the 90s, maturity models have been created to indicate the company KM level. Through the evaluation of a number of factors, maturity models enable organizations to enhance their KM processes and therefore improve their results in this management area. Although they are found in the literature different knowledge management maturity models, has not met a refinement on the various factors that make up the KM relate. So the question that this research sought to answer was: Are there relationship between the constructs that make up a knowledge management maturity model? Therefore, the aim of this study was to identify the relationship between the constructs of a knowledge management maturity model in a large company, from the perception of its employees. This research used the model proposed by Oliveira and Pedron (2014). According to this model, the KM maturity in a company is evaluated in five levels (from zero to four) by measuring four key factors, which are: internal context, external context, content and process. The study is quantitative, having a survey was conducted. The data collection instrument was answered by 196 employees of a large Brazilian company. Data were collected and processed using descriptive statistical analysis and structural equation modeling using the PLS software. The results of this study indicate [1] are confirmed eight of the thirteen hypotheses of relations between the constructs proposed in Oliveira and Pedron (2014) model and [2] that the company in question is located, according to the model studied in maturity stage three, called development.
Palavras-chave: gestão do conhecimento
modelo de maturidade
grande empresa
modelo de equações estruturais
knowledge management
maturity model
large company
Área(s) do CNPq: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Nove de Julho
Sigla da instituição: UNINOVE
Departamento: Administração
Programa: Programa de Pós-Graduação em Administração
Citação: Silva, Rodolfo Ribeiro da. A maturidade da gestão do conhecimento: o caso de uma empresa de grande porte. 2015. 94 f. Dissertação( Programa de Pós-Graduação em Administração) - Universidade Nove de Julho, São Paulo .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bibliotecadigital.uninove.br/handle/tede/1166
Data de defesa: 23-Feb-2015
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rodolfo Ribeiro da Silva.pdfRodolfo Ribeiro da Silva1,9 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.