Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/1339
Tipo do documento: Dissertação
Título: Teste de caminhada de seis minutos vs shuttle walk teste endurance: responsividade ao broncodilatador em pacientes com bronquiectasia
Título(s) alternativo(s): Six minute walk test vs shuttle walk endurance test: responsiveness to bronchodilators in patients with bronchiectasis
Autor: Boldorini, Jacqueline Cristina 
Primeiro orientador: Dal Corso, Simone
Primeiro membro da banca: Dal Corso, Simone
Segundo membro da banca: Chiavegato, Luciana Dias
Terceiro membro da banca: Lanza, Fernanda de Cordoba
Resumo: Introdução: Como consequência das alterações estruturais no parênquima pulmonar, o principal impacto da bronquiectasia (BCQ) é a alteração da função pulmonar, caracterizada por obstrução e, num subgrupo de pacientes, por restrição. Nos pacientes obstrutivos, é comum o uso de broncodilatador (BD). Objetivos: Avaliar qual teste clínico de campo, teste da caminhada de seis minutos (TC6) ou shuttle walk teste endurance (SWTE), é mais responsivo em detectar a melhora funcional após o uso de BD; avaliar o comportamento das variáveis cardiopulmonares, metabólicas e de percepção do esforço entre TC6 e o shuttle walk teste incremental (SWTI) e, verificar se há diferença no perfil de resposta cardiorrespiratória e metabólica em ambos os testes (TC6 e SWTE) entre os pacientes que apresentam distúrbio ventilatório obstrutivo (DVO) e restritivo (DVR) na espirometria. Métodos: Este é um estudo randomizado, duplo cego, placebo controlado e cruzado, no qual 32 pacientes com BCQ realizaram o SWTI, o TC6 e o SWTE, em dias separados (48h), precedidos por placebo (PL) ou BD (400 g de salbutamol). Os parâmetros cardiopulmonares e metabólicos forma monitorizados em todos os testes por sistema de telemetria dos gases expirados. Resultados: Houve diferença estatisticamente significante quando comparada a distância percorrida entre SWTE-BD e o TC6 nas condições PL e BD (910 ± 589 m; 526 ± 80 m e 527 ± 86 m). A diferença na distância percorrida e no tempo de duração do SWTI e TC6 foram estatisticamente significantes (TC6: 527 ± 86 m, 6 ± 0 min. vs SWTI: 443 ± 119 m, 7 ± 1 min). Os pacientes com DVO e DVR apresentaram respostas fisiológicas similares no pico do exercício. Conclusão: O SWTE é o teste mais indicado para avaliar a resposta funcional ao uso agudo do broncodilatador, o TC6 e SWTI elicitam respostas fisiológicas similares no pico do exercício e o tipo de distúrbio ventilatório espirométrico não pôde ser diferenciado pelo desempenho no SWTE e TC6.
Abstract: Introduction: As a consequence of the structural changes in the pulmonary parenchyma, the main impact of bronchiectasis (BCT) is the worsening in lung function, characterized by the obstructive spirometric pattern and, in a subgroup of patients, restrictive. In obstructive patients, it is common the use of bronchodilator (BD). Aims: To investigate which field test, six-minute walk test (6MWT) or endurance shuttle walk test (ESWT), is more responsive to detect functional improvement after BD, to compare the physiological responses between 6MWT and incremental SWTI and to verify the differences in the physiological responses in the 6MWT and ESWT among patients presenting with obstructive and restrictive ventilatory disorders (OVD and DVR, respectively). Methods: This is a randomized, double blind, placebo (PL) controlled crossover study, in which 32 patients with BCT performed, on separate days (48 hours), the ISWT, 6MWT and ESWT, preceded by either PL or BD (400 µg of salbutamol). The cardiopulmonary and metabolic parameters were monitored during all tests by a telemetry system of the expired gases. Results: There was no statistically significant difference in distance walked between the ESWT-BD and 6MWT in the PL and BD conditions (910 ± 589 m, 526 ± 80 m, 527 ± 86 m). The distance walked and the time duration time of the test in the 6MWT and ISWT were statistically different (527 ± 86 m and 6 ± 0 min vs. 443 ± 119m and 7 ± 1 min, respectively). Patients with OVD and RVD presented with similar physiological responses at the peak of exercise. Conclusion: ESWT is the most suitable test to assess the acute effects of BD on functional response; the 6MWT and ISWT elicit similar physiological responses at peak exercise and the type of ventilatory disorder cannot be differentiated by the performance on the ESWT and 6MWT.
Palavras-chave: bronquiectasia
respostas fisiológicas
capacidade funcional
broncodilatadores
bronchiectasis
physiological responses
functional capacity
bronchodilator
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Nove de Julho
Sigla da instituição: UNINOVE
Departamento: Saúde
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação
Citação: Boldorini, Jacqueline Cristina. Teste de caminhada de seis minutos vs shuttle walk teste endurance: responsividade ao broncodilatador em pacientes com bronquiectasia. 2015. 64 f. Dissertação( Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação) - Universidade Nove de Julho, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bibliotecadigital.uninove.br/handle/tede/1339
Data de defesa: 27-Abr-2015
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Jacqueline Cristina Boldorini.pdfJacqueline Cristina Boldorini935,31 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.