???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/1471
Tipo do documento: Dissertação
Título: Análise da gestão da sustentabilidade nas empresas de software que empregam modelos de maturidade
Título(s) alternativo(s): Sustainability management analysis on software companies that use maturity models
Autor: Machado, Márcia Cristina 
Primeiro orientador: Shibao, Fábio Ytoshi
Primeiro membro da banca: Pinochet, Luis Hernan Contreras
Segundo membro da banca: Shibao, Fábio Ytoshi
Terceiro membro da banca: Aguiar, Alexandre de Oliveira e
Resumo: Este estudo se propõe entender a relação entre o modelo CoBIT e os indicadores de sustentabilidade GRI, identificando as práticas sustentáveis mensuradas nas empresas de tecnologia que adotam o modelo CoBIT em sua gestão e controle. Ao verificar as atividades das empresas de software, sem uma análise mais aprofundada, poderá ter-se a percepção que estas são sustentáveis, uma vez que sua cadeia produtiva é eletrônica, sua distribuição recentemente adotada é a cibernética e seu descarte também ocorre eletronicamente, não gerando resíduos materiais. Para realizar o estudo foi empregado a metodologia de estudo de casos múltiplos, com a aplicação de entrevistas semiestruturadas, análise dos documentos obtidos junto às empresas analisadas, além da pesquisa teórica em periódicos, livros e nos guidelines CoBIT e GRI. Como resultado identificou-se uma forte relação dos aspectos econômicos e categorias análise e estratégia, engajamento dos stakeholders e governança propostos pelos indicadores do GRI com os requisitos do modelo CoBIT e uma fraca relação dos aspectos sociais e ambientais do GRI com o modelo CoBIT. No que tange a adoção do modelo CoBIT observou-se que as empresas que adotam este modelo em sua gestão e controle, praticam e gerenciam suas ações sustentáveis e promovem a divulgação de seus indicadores por meio do relatório GRI. Identificou-se ainda que as empresas de tecnologia que aderem a outros modelos de gestão e controle, executam e mensuram suas práticas sustentáveis, mas não realizam a publicação de relatórios de sustentabilidade. O estudo também revelou que as organizações que não empregam modelos de gestão e controle, também não mensuram suas práticas sustentáveis e por consequência não publicam relatórios de sustentabilidade. Esta descoberta propiciou como contribuição para a prática a elaboração de uma cartilha modelo que busca auxiliar as empresas de software brasileiras na implantação de práticas sustentáveis, e na adoção de modelos de gestão e controle.
Abstract: This study proposes a verification of the relationship between CoBIT framework and the GRI sustainability indicators, and the identification of sustainable practices measured in technology companies that adopt CoBIT model in its management and control. In check the activities of software companies, without further analysis has perception that these are sustainable, since the production chain is electronic, distribution recently adopted is cybernetics and disposal also occurs electronically, not generating waste materials. For the study was used the methodology of study of multiple cases with the application of semi-structured interviews, analysis of documents obtained from the companies analyzed, as well as theoretical research in journals, books and CoBIT guidelines and GRI. As a result, identified a strong relationship between economic and environmental aspects proposed by the GRI indicators with the requirements of CoBIT model and a weak relationship of the social aspects of the GRI with CoBIT model. Regarding the adoption of the model CoBIT observed that companies that using the CoBIT model in its management and control, also practice and manage their sustainable actions, while promoting the dissemination of indicators through the GRI report. It was identified that even technology companies with adhere to other models of management and control, measuring their sustainable practices, do not publish their sustainability reports. The study found that organizations that do not employ models of management and control, and it does not measure its sustainable practices consequently do not publish sustainability reports. This discovery led to the development of a tool that seeks to help Brazilian software companies in the implementation of sustainable practices, and the adoption of management and control models.
Palavras-chave: CoBIT
GRI
indicadores
práticas sustentáveis
software
sustentabilidade
CoBIT
GRI
indicators
sustainable practices
software
sustainability
Área(s) do CNPq: ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE SETORES ESPECIFICOS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Nove de Julho
Sigla da instituição: UNINOVE
Departamento: Administração
Programa: Programa de Mestrado Profissional em Administração - Gestão Ambiental e Sustentabilidade
Citação: Machado, Márcia Cristina. Análise da gestão da sustentabilidade nas empresas de software que empregam modelos de maturidade. 2016. 128 f. Dissertação( Programa de Mestrado Profissional em Administração - Gestão Ambiental e Sustentabilidade) - Universidade Nove de Julho, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bibliotecadigital.uninove.br/handle/tede/1471
Data de defesa: 15-Feb-2016
Appears in Collections:Programa de Mestrado Profissional em Administração - Gestão Ambiental e Sustentabilidade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marcia Cristina Machado.pdfMárcia Cristina Machado1,52 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.