???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/1872
Tipo do documento: Dissertação
Título: Comparação das respostas fisiológicas entre dois testes de carga constante: cicloergômetro e degrau
Título(s) alternativo(s): Comparison of the physiological responses between two constant load tests: cyclo ergometer and step
Autor: Rodrigues Junior, José Carlos 
Primeiro orientador: Corso, Simone Dal
Primeiro membro da banca: Corso, Simone Dal
Segundo membro da banca: Albuquerque, André Luis Pereira de
Terceiro membro da banca: Jorge, Luciana Maria Malosá Sampaio
Resumo: Introdução: O teste de caminhada de seis minutos (TC6) e o shuttle walk test (SWT) são vastamente utilizados para a avaliação da capacidade funcional em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), entretanto sua execução pode ser limitada pelo espaço físico. Nesse contexto, o teste do degrau possui a facilidade de poder ser aplicado em qualquer ambiente, inclusive o domiciliar. Entretanto, não há na literatura estudos com testes de carga constante utilizando o degrau e suas respostas fisiológicas. Objetivos: 1) comparar as respostas fisiológicas entre os testes de carga constante no cicloergômetro e no teste do degrau endurance (TDE) 2) estabelecer os determinantes do desempenho obtido no TDE, 3) testar a reprodutibilidade do TDE. Método: 19 pacientes com diagnóstico de DPOC realizaram espirometria, teste incremental e de carga constante em cicloergômetro, bioimpedância para obtenção da massa muscular e o teste do degrau incremental (TDI), responderam à escala de dispneia Medical Research Council modificada (MRCm) modificada, e ao Saint George’s Respiratory Questionnaire (SGRQ). Também foi avaliado o comprimento de perna e realizado o teste de uma repetição máxima. O TDE foi realizado com 80% do número de degraus obtido no TDI. Este deverá ter uma duração de três a oito minutos. Caso o tempo do teste fosse menor do que três minutos, o TDE foi novamente realizado com 70% do número de degraus do TDI. Caso o TDE fosse superior a oito minutos, o TDE foi realizado com a carga de 90%. Resultados: não houve diferença entre as respostas metabólicas e ventilatórias entre o TDE e o teste de carga constante em ciclo ergômetro. Não foi encontrada correlação entre o desempenho do TDE com o grau de obstrução de vias aéreas, massa e força muscular de quadríceps. O tempo do TDE 90% mostrou-se com melhor reprodutibilidade, em comparação ao TDE 80%. Conclusão: o teste do degrau endurance provoca respostas metabólicas e ventilatórias equiparadas ao teste de carga constante em cicloergômetro.
Abstract: Introduction: The six-minute walk test (TC6) and shuttle walk test (SWT) are widely used for the assessment of functional capacity in patients with chronic obstructive pulmonary disease (COPD), however their execution may be limited by physical space. In this context, the step test has the facility of being able to be applied in any environment, including the home. However, there are no studies in the literature with constant load tests using the step and its physiological responses. Objectives: 1) to compare the physiological responses between the constant load tests on the cycle ergometer and the endurance step test 2) to establish the determinants of the performance obtained in the TDE, 3) to test the reproducibility of the TDE. Method: 19 patients with COPD performed spirometry, incremental and constant load test on cycle ergometer, bioimpedance to obtain muscle mass and incremental step test (TDI), responded to the Modified Medical Research Council modified dyspnea scale (MRCm) and the Saint George's Respiratory Questionnaire (SGRQ). Leg length was also evaluated and a maximal repetition test was performed. The TDE was performed with 80% of the number of steps obtained in the TDI. This should last for three to eight minutes. If the test time was less than three minutes, the TDE was again performed with 70% of the number of TDI steps. If the TDE was greater than eight minutes, the TDE was performed with a 90% load. Results: there was no difference between the metabolic and ventilatory responses between the TDE and the constant load test in cycle ergometer. No correlation was found between the performance of the TDE with the degree of airway obstruction, mass and quadriceps muscle strength. The time of TDE 90% was shown to be better reproducible compared to TDE 80%. Conclusion: the endurance step test provokes metabolic and ventilatory responses equated to the constant load test on cycle ergometer.
Palavras-chave: teste de campo
teste do degrau
fisioterapia
doença pulmonar obstrutiva crônica
field test
step test
physiotherapy
chronic obstructive pulmonary disease
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Nove de Julho
Sigla da instituição: UNINOVE
Departamento: Saúde
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação
Citação: Rodrigues Junior, José Carlos. Comparação das respostas fisiológicas entre dois testes de carga constante: cicloergômetro e degrau. 2017. 66 f. Dissertação( Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação) - Universidade Nove de Julho, São Paulo
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/1872
Data de defesa: 15-Dec-2017
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
José Carlos Rodrigues Junior.pdfJosé Carlos Rodrigues Junior949,04 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.