???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/2028
Tipo do documento: Dissertação
Título: A função social das transnacionais e a efetivação dos direitos humanos na era da globalização
Autor: Silva, Isis de Almeida 
Primeiro orientador: Benacchio, Marcelo
Primeiro membro da banca: Benacchio, Marcelo
Segundo membro da banca: Dezem, Renata Mota Maciel Madeira
Terceiro membro da banca: Pinto, Felipe Chiarello de Souza
Resumo: A conjectura atual das transnacionais em relação a função que desempenham em determinado local vai muito além do seu aspecto puramente econômico. Com a expansão do fenômeno da globalização, assim como a reconfiguração das preocupações humanas – que passam a ter um aspecto mais humanitário e mais preocupado com a sustentabilidade das relações- essas empresas iniciam um processo conjunto com a sociedade objetivando conquistas em diversos âmbitos. Para entender o processo de transformação das empresas que antes eram pura e tão somente máquinas instrumentais de um capitalismo tido como “selvagem” para empresas pautadas em suas responsabilidades sociais que saem dessa seara econômica e incorporam o cunho social, far-se-á uma breve abordagem do histórico de direitos humanos a partir da Revolução Francesa e, após, com foco maior no século XX e nos eventos que influenciaram tal mudança. A narrativa de eventos como a Revolução Francesa, a Crise de 1929 e as grandes guerras são necessárias para estabelecermos um contexto histórico suficientemente capaz de permitir entendermos em qual momento a globalização, tal como entendemos hoje, se expandiu. Após a contextualização histórica, o estudo mais aprofundado das raízes globais e nacionais da globalização são descritas de forma analítica permitindo que se pondere sobre os efeitos de tal fenômeno no cenário das transnacionais e sua reestruturação. Ao final, o estudo dessa reformulação estritamente econômica reflete num novo modo de se apresentar em âmbito internacional das empresas e aborda a responsabilidade social como caminho para um desenvolvimento pleno e humanizado.
Abstract: The current conjecture of transnationals in relation to the function they perform in a particular place goes far beyond its purely economic aspect. With the expansion of the phenomenon of globalization, as well as the reconfiguration of human concerns - which are now more humanitarian and more concerned with the sustainability of relations - these companies begin a joint process with society aiming at achievements in different spheres. In order to understand the process of transformation of the companies that were once pure and only instrumental machines of a capitalism considered as "savage" for companies based on their social responsibilities that leave this economic area and incorporate the social character, we have made a brief approach to the history of fundamental rights since the French Revolution and then with a greater focus on the twentieth century and on the events that influenced this change. The narrative of events such as the French Revolution, the Crisis of 1929 and the great wars are necessary to establish a historical context sufficiently capable of allowing us to understand at what moment globalization, as we understand it today, has expanded. After the historical contextualization, a more in-depth study of the global and national roots of globalization is described in an analytical way, allowing us to consider the effects of such phenomenon on the transnational scenario and its restructuring. In the end, the study of this strictly economic reformulation reflects in a new way of presenting itself in the international scope of companies and addresses social responsibility as a path to a full and humanized development.
Palavras-chave: globalização
humanismo
transnacionais
empresa
responsabilidade social
globalization
humanism
transnational
company
social responsability
Área(s) do CNPq: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::DIREITO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Nove de Julho
Sigla da instituição: UNINOVE
Departamento: Direito
Programa: Mestrado em Direito
Citação: Silva, Isis de Almeida. A função social das transnacionais e a efetivação dos direitos humanos na era da globalização. 2019. 121 f. Dissertação( Mestrado em Direito) - Universidade Nove de Julho, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/2028
Data de defesa: 11-Mar-2019
Appears in Collections:Programa de Mestrado em Direito
Programa de Mestrado em Direito

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Isis de Almeida Silva.pdfIsis de Almeida Silva785,67 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.