???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/2076
Tipo do documento: Dissertação
Título: Gestão de resíduos Grupo D: recuperação de plásticos recicláveis em um hospital público da cidade de São Paulo
Título(s) alternativo(s): Waste management grup D: recovery of recyclable plastics in a public hospital of the city of São Paulo
Autor: Fernandes, Renata Oliveira 
Primeiro orientador: Shibao, Fábio Ytoshi
Primeiro membro da banca: Shibao, Fábio Ytoshi
Segundo membro da banca: Franklin, Marcos Antonio
Terceiro membro da banca: Aguiar, Alexandre de Oliveira e
Resumo: Resíduos de Serviços de Saúde (RSS) são resíduos gerados por prestadores de assistência médica, odontológica, laboratorial, farmacêutica e instituições de ensino e pesquisa, relacionados à assistência humana e animal. Parte desses resíduos gerados é classificada como comum, passível ou não de reciclagem. A adoção de mecanismos prévios de separação e desinfecção permite a reciclagem do papel, dos metais, do alumínio, dos plásticos e do vidro. Tendo em vista a possibilidade de estabelecer um programa de recuperação dos resíduos plásticos, a questão que norteia essa pesquisa é: Como é a gestão dos resíduos plásticos passíveis de reciclagem em ambiente hospitalar? E tem como objetivo geral avaliar a rotina e manejo interno do plástico gerado no hospital nos setores: assistencial (Maternidade), administrativo (Almoxarifado) e setor de nutrição e dietética (SND). Para tal este estudo utilizou uma abordagem qualitativa, por meio de estudo de caso, de natureza descritiva. A coleta de dados foi dividida em duas etapas na primeira utilizou-se de checklist para levantamento das não conformidades. Na segunda etapa os dados foram coletados por meio de questionário, a fim de mensurar o conhecimento dos respondentes sobre os RSS, além do comportamento no tratamento em relação aos RSS. Ao analisar as ocorrências de não conformidades foi verificada a presença de resíduos plásticos passíveis de reciclagem em recipientes para resíduos do Grupo D destinado aos resíduos orgânicos, além da mistura com resíduos infectantes. Na etapa seguinte o questionário foi aplicado a 62 profissionais, os mesmos apresentaram o seguinte perfil predominância do sexo feminino, maioria com idade entre 31 e 40 anos, 30.65% com nível superior, 87.10% tem entre 1 e 20 anos de atuação profissional. Com relação ao conhecimento dos RSS, classificação e etapas do manejo 91.94% afirmaram ter conhecimento do que são RSS, com relação a classificação dos RSS 48.39% conhecem. Quando perguntados sobre as etapas do manejo dos resíduos 54.84% da amostra desconhece as etapas. A respeito do descarte de resíduos plásticos 58.06% responderam que descartam no recipiente para resíduos comuns. Em relação ao comportamento ambiental relacionado ao descarte dos resíduos plásticos, a maioria dos respondentes afirmaram descartar o resíduo no recipiente mais próximo. Assim sendo, esse estudo concluiu que embora o hospital não contemple os resíduos plásticos em seu Plano de Gerenciamento, a adoção de ações voltadas para recuperação e encaminhamento de resíduos como papel/papelão para reciclagem tomaram notoriedade na instituição, onde foi observada a necessidade da inclusão dos resíduos plásticos. Entretanto, sensibilizar os colaborados, em relação à iniciativa, é um fator crucial para obtenção de resultados positivos, considerando que estes são os principais agentes do manejo de RSS. Por isso, se faz necessário maiores investimentos por parte dos gestores dos estabelecimentos em programas de educação continuada permanente, para que os colaboradores possam entender a importância do manejo adequado dos RSS e da reciclagem para o hospital e principalmente para o meio ambiente. Salienta-se que este trabalho identifica ações e busca conceitos para embasamento de modelos de gerenciamento de resíduos passíveis de reciclagem, com foco nos resíduos plásticos, além de contribuir para construção do conhecimento sobre RSS utilizando as ferramentas de qualidade PDCA e Diagrama de Ishikawa, contribuindo com a fundamentação teoria de tais assuntos. Para tal a contribuição para prática, apresentou um plano de ação com estratégias desenvolvidas quanto ao manejo dos resíduos plásticos, apresentando as soluções a serem adotados em curto, médio e longo prazo.
Abstract: Health Care Waste (SSR) is waste generated by providers of medical, dental, laboratory, pharmaceutical and educational and research institutions related to human and animal care. Part of this waste generated is classified as common, recyclable or not. The adoption of prior separation and disinfection mechanisms allows the recycling of paper, metals, aluminum, plastics and glass. Considering the possibility of establishing a plastic waste recovery program, the question that guides this research is: How is the management of plastic waste recyclable in a hospital environment? It has as general objective to evaluate the routine and internal management of plastic generated in the hospital in the sectors: care (Maternity), administrative (Warehouse) and nutrition and dietetics (SND). For this, this study used a qualitative approach, through a case study, of a descriptive nature. The data collection was divided in two steps in the first one was used of checklist to survey the nonconformities. In the second stage the data were collected through a questionnaire, in order to measure the respondents' knowledge about the RSS, besides the behavior in the treatment of RSS. In analyzing the occurrence of nonconformities, the presence of recyclable plastic waste in containers for Group D waste destined for organic waste was verified, in addition to the mixture with infectious residues. In the next stage, the questionnaire was applied to 62 professionals, who had the following predominant female profile, most with ages between 31 and 40 years, 30.65% with higher level, 87.10% have between 1 and 20 years of professional experience. Regarding the knowledge of the RSS, classification and management stages 91.94% stated they have knowledge of what they are RSS, with regard to RSS ranking 48.39% know. When asked about the steps of waste management 54.84% of the sample is unaware of the steps. Regarding the disposal of plastic waste 58.06% answered that they discard in the container for common waste. Regarding the environmental behavior related to the disposal of plastic waste, most of the respondents stated that they discarded the residue in the nearest container. This study concluded that although the hospital did not contemplate plastic waste in its Management Plan, the adoption of actions aimed at recovery and referral of waste as paper / cardboard for recycling became notorious in the institution, where it was observed the need for inclusion of plastic waste. However, sensitizing the collaborators in relation to the initiative is a crucial factor to obtain positive results, considering that these are the main agents of RSS management. Therefore, it is necessary to increase investments by the managers of the establishments in permanent continuing education programs, so that employees can understand the importance of proper management of RSS and recycling to the hospital and especially to the environment. It should be noted that this work identifies actions and seeks concepts to support waste management models that can be recycled, focusing on plastic waste, as well as contributing to the construction of RSS knowledge using PDCA quality tools and Ishikawa Diagram, contributing with the foundation theory of such subjects. To this end, the contribution to practice presented a plan of action with strategies developed regarding the management of plastic waste, presenting the solutions to be adopted in the short, medium and long term.
Palavras-chave: resíduos de serviços de saúde
segregação
reciclagem
plástico
sustentabilidade
health services waste
segregation
recycling
plastic
sustainability
Área(s) do CNPq: ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE SETORES ESPECIFICOS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Nove de Julho
Sigla da instituição: UNINOVE
Departamento: Administração
Programa: Programa de Mestrado Profissional em Administração - Gestão Ambiental e Sustentabilidade
Citação: Fernandes, Renata Oliveira. Gestão de resíduos Grupo D: recuperação de plásticos recicláveis em um hospital público da cidade de São Paulo. 2019. 100 f. Dissertação( Programa de Mestrado Profissional em Administração - Gestão Ambiental e Sustentabilidade) - Universidade Nove de Julho, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/2076
Data de defesa: 25-Feb-2019
Appears in Collections:Programa de Mestrado Profissional em Administração - Gestão Ambiental e Sustentabilidade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Renata Oliveira Fernandes.pdfRenata Oliveira Fernandes1,54 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.