???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/2128
Tipo do documento: Dissertação
Título: Aplicações de instrumentos para avaliação da segurança do paciente ambulatorial quanto ao uso de medicamentos
Título(s) alternativo(s): Aplications of instruments to assess the safety of ambulatory patients for the use of medicinal products
Autor: Soares, Vívian Elaine Alflen 
Primeiro orientador: Novaretti, Marcia Cristina Zago
Primeiro membro da banca: Novaretti, Marcia Cristina Zago
Segundo membro da banca: Monken, Sonia Francisca de Paula
Terceiro membro da banca: Barbosa, Antonio Pires
Quarto membro da banca: Pedroso, Marcelo Caldeira
Quinto membro da banca: Liberal, Marcia Costa de
Resumo: Há grande diversidade de características nos ambientes ambulatoriais, principalmente relacionadas às configurações de cuidados em saúde. Sobre o conceito da segurança do paciente é necessário compreender sobre os erros de medicação e eventos adversos relacionados a esse contexto. Esta pesquisa teve como objetivo principal detectar as principais falhas de segurança do paciente relacionada ao uso de medicamentos em nível ambulatorial no em um ambulatório público multidisciplinar de saúde. Trata-se de um estudo de caso de delineamento transversal, prospectivo e exploratório com abordagem quantitativa e qualitativa. A partir da revisão bibliográfica dos diversos instrumentos existentes, fez-se necessário optar por um agrupamentos de questões que avaliassem as variáveis propostas e correlações. Realizada coleta de dados para aplicação do questionário adaptado no ambulatório multidisciplinar da Universidade Nove de Julho. A população de estudo foi composta por 207 participantes, com a média de idade de 59,7 anos, freqüência de 64,9% do sexo feminino e ensino médio completo em 47,8%. Os principais diagnósticos dos agravos à saúde foram hipertensão arterial sistêmica e diabetes. Também foram identificadas alterações na tireóide, hipercolesterolemia, gastrite e outros. Números de consultas no último ano em média 7,9/ paciente (DP=6,7), 140 (67,6%) participantes faziam uso do serviço há mais de um ano, 150 (72,5%) dos pacientes já faziam uso prévio de medicamentos, o tempo médio de uso do medicamento é de 71,5 (±70,5) meses. Em 34,8% dos pacientes apresentam dois agravos à saúde e foi encontrada prescrição de 2,4 medicamentos por paciente, em média. Foi verificado que 97 (46,8%) dos pacientes desta pesquisa esquecem de tomar o medicamento. Cerca de 24% dos pacientes fazem ou fizeram uso de algum medicamento sem prescrição; dentre os mais utilizados são os analgésicos e antiinflamatórios. Setenta e seis pacientes (36,7%) falham no cumprimento da administração do medicamento no horário preestabelecido e49 (23,7%) dos pacientes não tem aderência total quanto à dosagem preconizada. Na população estudada, 25 (12%) relataram ter tido evento adverso relacionado a medicamentos. Além disso, muitos eventos adversos evitáveis relacionados a medicamentos em 129 (62,3%) também estão associados a erros na adesão do paciente. Concluimos que o questionário aplicado em um cenário ambulatorial em unidade pública de assistência à saúde trouxe informações significativas para o entendimento da ocorrência de eventos adversos relacionados a medicamentos e da aderência dos pacientes à terapêutica medicamentosa. Ressaltamos a importância da disseminação do conhecimento sobre medicamentos para os profissionais em saúdee para os portadores dos agravos à saúde contribuindo para o olhar ampliado das práticas adequadas para aprimorar a adesão ao tratamento, reduzir a ocorrência de eventos adversos relacionada aos medicamentos e essencial para a melhoria da qualidade de vida dos pacientes.
Abstract: There is a considerable diversity in outpatient settings, especially those related to health care assistance. It is necessary to understand medication errors and adverse events to have a whole concept of patient safety. The main objective of this research was to detect the main patient safety flaws related to outpatient drug use in the public service. This is a prospective and exploratory cross-sectional case study with a quantitative and qualitative approach. We reviewed the literature available and we have chosen from the existing questionnaires a group of questions related to drugs and patient safety. Data collection was performed to apply the adapted questionnaire at the Universidade Nove de Julho multidisciplinary clinic. Study population was composed by 207 participants, with a mean age of 59.7 years, 64.9% are female and, 47.8% of participants completed high school. Most common diagnoses were systemic arterial hypertension and diabetes. Thyroid disorders, hypercholesterolemia, gastritis and other diseases have also been identified. Number of consultations was of 7.9 / patient (SD= 6.7), on average, 140 (67.6%) participants had been using the service for over a year, 150 (72.5%) of patients had already used medications. Medication have been used for 71.5 (± 70.5) months. Two diseases were diagnosed in 34.8% of patients evaluated and, 2.4 drugs per patient were prescribed on average. In this study 97 (46.8%) of patients has forgotten to take the drugs prescribed at least once. Analgesics and antinflammatory were the most used drugs in this research. Seventy-six patients (36.7%) failed to comply with medication administration at the pre-established schedule and, 49 (23.7%) patients did not fully adhere to the recommended dosing. In the study population, 25 (12%) reported having had a drug-related adverse event. Furthermore, in 129 (62,3%) preventable drug-related adverse events were associated with errors in patient compliance. In conclusion, the questionnaire applied at multidisciplinary clinic brought sensitive information regarding medication in outclinic setting. We emphasize the importance of disseminate knowledge on medication to health professionals and patients contributing to the broadened view of appropriate practices to improve treatment adherence, to reduce adverse events related to medication and to promote better quality of life of patients.
Palavras-chave: segurança do paciente
assistência ambulatorial
medicamentos
eventos adversos
atenção primária
patient safety
outpatient care
medication
adverse events
primary care
Área(s) do CNPq: ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE SETORES ESPECIFICOS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Nove de Julho
Sigla da instituição: UNINOVE
Departamento: Administração
Programa: Programa de Mestrado Profissional em Administração - Gestão em Sistemas de Saúde
Citação: Soares, Vívian Elaine Alflen. Aplicações de instrumentos para avaliação da segurança do paciente ambulatorial quanto ao uso de medicamentos. 2019. 122 f. Dissertação( Programa de Mestrado Profissional em Administração - Gestão em Sistemas de Saúde) - Universidade Nove de Julho, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/2128
Data de defesa: 30-Sep-2019
Appears in Collections:Programa de Mestrado Profissional em Administração - Gestão em Sistemas de Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Vívian Elaine Alflen Soares.pdfVívian Elaine Alflen Soares2,25 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.