???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/474
Tipo do documento: Dissertação
Título: Progressão continuada na rede pública do Estado de São Paulo: seus impactos pedagógicos segundo a visão docente.
Autor: Torres, Antonio Carlos 
Primeiro orientador: Monfredini, Ivanise
Primeiro membro da banca: Russo, Miguel Henrique
Segundo membro da banca: Ganzeli, Pedro
Resumo: Este estudo propõe, passados alguns anos da implantação da progressão continuada no ensino fundamental da rede pública paulista, uma pesquisa com o foco no pedagógico, analisando como os professores percebem, em seu dia-a-dia, os impactos que a progressão continuada exerce no seu trabalho. Esta pesquisa possui um enfoque exploratório e qualitativo como via metodológica. Na tentativa de uma compreensão detalhada dos impactos no trabalho pedagógico dos docentes, foram utilizados questionários e entrevistas como elementos de coleta de dados. Para uma melhor compreensão do tema, foi necessário um estudo relativo às reformas do aparelho do Estado ocorridas na década de 1990. Percebemos que essas reformas foram assimiladas e acompanhadas pelo Estado de São Paulo, quando houve a implantação da progressão continuada, mais em função da redução de custos e, não de uma necessidade advinda de estudos envolvendo todos os segmentos interessados, inclusive o professor. Este ficou alijado desse processo. As políticas educacionais implementadas pelo governo paulista a partir de 1995 (gestão Covas seguido por Alckmin), de maneira direta ou indireta influenciaram o trabalho pedagógico do professor. Em função dessa influência, foi necessário realizar uma síntese retrospectiva das políticas educacionais realizadas no Brasil no decorrer do século XX e fazer, principalmente, um levantamento histórico a respeito das medidas implementadas pelo governo paulista, levantando como exemplo a reforma Sampaio Dória em 1920. Foi de suma importância pesquisar a argumentação dos discursos acadêmicos, como a pesquisa realizada pelo Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (APEOESP) e o Fórum de Debates promovido pela Secretaria de Estado da Educação do Estado de São Paulo (SEE/SP) em 2002, ambos documentos referentes à atual política, de progressão continuada vigente no ensino fundamental da rede pública de São Paulo. Os docentes, como sujeitos desta pesquisa, argumentaram sobre os impactos da progressão no seu trabalho pedagógico. Este estudo, ao confrontar os trabalhos realizados a partir dos discursos dos docentes sobre a progressão continuada, analisa a aceitabilidade atual desse sistema, as alusões ao que falta e o que deveria ser a progressão, bem como as críticas constantes sobre a ausência do docente na implantação desse sistema e referências àqueles que seriam os responsáveis pela situação atual da escola pública, com ênfase no fazer pedagógico docente.
Abstract: This essay propose, after some years of the continuing progression in the public elementary school in State of São Paulo, the research with focus in the pedagogical to enhance how the teachers feel, day-after-day, the impacts of the continuing progression in their work. This research has on exploratory and quality view as a methodology way. Trying to understand the impacts in the teachers pedagogical work, interviews and questionnaires were used to collect data. In order to understand better the theme, was necessary a study towards the changes in the Federal State occurred in the decade ( 1990). Perceived those reform was assimilate and followed by São Paulo State, that set up the continuing progression in order to reduce the costs and not really a necessity came from studies about all the interested parts, specially the teacher, who was lightened this process. According to the educational politics set up by from São Paulo government after 1995, during Covas and Alckmin s governments, that directly or indirectly influence the pedagogical work of the teacher, it was necessary to make a retrospection of the educational politics in Brazil during the 20 th century, and mainly, a historical study towards the set up measures of the SP government, for example Sampaio Doria in 1920. It was extremely important the discussion of the academic speeches: APEOESP s research and forum in 2002 developed by Education State Secretary of São Paulo, about the politics nowadays of continuing progression in the public elementary school in State of São Paulo. The theachers, as agents of this research, talked about the impacts of the progression in their pedagogical work. This study, with all the works finished had from the teacher s speeches about the continuing progression, analyses the real acceptability of this system, about what the progression misses and should be, as well as the constant complaints about the teachers absence in the set up of this system and concerning those ones who would have their responsibles about the real situation of the situation of the public school, with emphasis in having the pedagogical teaching.
Palavras-chave: Educação
Progressão continuada
Rede pública
Education
Continuing progression in the public elementary school
Educational politics in Brazil
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Nove de Julho
Sigla da instituição: Uninove
Departamento: Educação
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citação: TORRES, Antonio Carlos. Progressão continuada na rede pública do Estado de São Paulo: seus impactos pedagógicos segundo a visão docente.. 2004. 151 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Nove de Julho, São Paulo, 2004.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/474
Data de defesa: 14-Dec-2004
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File SizeFormat 
B_Antonio_Carlos_Torres2.pdf414,97 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.