???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/876
Tipo do documento: Dissertação
Título: Capacidade física, função muscular e atividade de vida diária em pacientes com bronquiectasia.
Autor: Camargo, Anderson Alves de 
Primeiro orientador: Dal Corso, Simone
Primeiro coorientador: Stelmach, Rafael
Primeiro membro da banca: Nery, Luiz Eduardo
Segundo membro da banca: Costa, Dirceu
Resumo: Introdução: Há escassez de estudos avaliando a capacidade de exercício em adultos com bronquiectasia (BCQ) e os efeitos extrapulmonares desta doença crônica e debilitante. Objetivos: Artigo 1 - Analisar a reprodutibilidade de dois testes do degrau incremental: teste do degrau de Chester (TDC) e teste do degrau incremental modificado (TDIM); artigo 2 - investigar a reprodutibilidade e validade do shuttle walking teste incremental (SWTI) e comparar a dessaturação induzida pelo o SWTI com a do teste de exercício cardiopulmonar máximo (TECP) e artigo 3: avaliar os efeitos extrapulmonares da BCQ na capacidade de exercício, força muscular periférica, atividade física na vida diária (AFVD) e qualidade de vida relacionada à saúde. Método: No primeiro estudo, 17 pacientes realizaram dois TDC, TDIM e testes da caminhada de seis minutos (TC6). No segundo estudo, 60 pacientes realizaram dois SWTI no mesmo dia, o TECP e o número de passos (NP) foi obtido de um pedômetro. No artigo 3, 80 pacientes realizaram a bioimpedância, o SWTI, TECP, contração voluntária máxima (CVM) dos músculos bíceps braquial (BB) e quadríceps femoral (QF), responderam aos questionários de qualidade de vida (SF-36 e Saint George`s Respiratory Questionnaire SGRQ) e à escala de dispneia (Medical Research Council MRC) e o pedômetro registrou o NP. Resultados: Artigo 1 - O número de degraus (ND) foi reprodutível para TDC (124  65 e 125  67) e TDIM (158  83 e 156  76). Não houve diferença entre ambos testes nas variáveis no pico do exercício. O TDC teve duração significantemente inferior ao TDIM (6,1 ± 2,2 min e 8,8 ± 2,8 min) e menor ND (128 ± 64 e 166 ± 78). Artigo 2 A mediana da distância foi de 430 m (333 525 m) no ISWT-1 e 440 m (340-535 m) para o ISWT-2, com excelente coeficiente de correlação intraclasse [0.995 (0.990 - 0.997)]. O SWTI induziu a maior dessaturação do que o TECP (P < 0,0001) com 23% dos pacientes apresentando dessaturação apenas durante o SWTI (P = 0,021). Artigo 3 - Os pacientes apresentaram redução significante da capacidade aeróbia (VO2: 81 ± 15% e 63 ± 13% do previsto), da capacidade funcional (distância SWTI: 73 ± 15% e 52 ± 13% do previsto) e da CVM QF (26 ± 11 Kg e 22 ± 10 Kg). Menores valores de NP/dia foram observados nos pacientes em relação aos controles (9.526 ± 5.843 e 12.009 ± 6.031, P = 0,052). Baixos escores foram observados nos QQV nos bronquiectásicos. Conclusão: Os testes clínicos de campo, degrau e SWTI, são reprodutíveis em pacientes com BCQ. O ISWT é mais sensível em detectar dessaturação nesta população. Os pacientes com BCQ apresentam redução da capacidade aeróbia, força muscular de QF, da atividade física na vida diária, além de comprometimento da qualidade de vida relacionada à saúde.
Abstract: Introduction: Studies evaluating exercise capacity and pulmonary effects of bronchiectasis (BCQ) in adult patients are scarce. Objectives: Article 1- Analyze the reproducibility of two incremental step tests: Chester step test (CST) and modified incremental step test (MIST); article 2 - Investigate the reproducibility and validity of the incremental shuttle walking test (ISWT) and compare the exercise-induced desaturation between the ISWTI and cardiopulmonary exercise test (CPET) and article 3: evaluate the extrapulmonary features of BCQ on exercise capacity, peripheral muscle strength, physical activity in daily life (PADL) and health-related quality of life. Method: In the first study, 17 patients performed two CST, MIST and six-minute walk test (6MWT). In the second study, patients underwent two ISWT (same day), CPET and the number of steps (NS) was obtained from a pedometer. In article 3, 80 patients underwent the bioimpedance, ISWT, CPET, maximum voluntary contraction (MVC) of the biceps brachii (BB) and quadriceps femoris (QF), answered to the quality of life questionnaires of (SF-36 and Saint George Respiratory Questionnaire (SGRQ) and to the dyspnoea scale (Medical Research Council - MRC) and a pedometer recorded the NS. Results: Article 1 the number of steps was reproducible for the CST (124 ± 65 and 125 ± 67) and MIST (158 ± 83 and 156 ± 76). There was no difference in the variables between both tests at the peak exercise. The CST had significantly lower duration in comparison to MIST (6.1 ± 2.2 min and 8.8 ± 2.8 min) and lower number of steps (128 ± 64 and 166 ± 78). Article 2 the median distance in the ISWT-1 was 430 m (333-525 m) and 440 m (340-535 m) in the ISWT-2, with excellent intraclass correlation coefficient [0.995 (0.990-0.997)]. The ISWT induced higher desaturation than the CPET (P < 0.0001) with 23% of the patients showing desaturation only during the ISWT (P = 0.021). Article 3 - The patients showed reduced aerobic capacity (VO2: 81 ± 15 and 63 ± 13 % of predict), functional capacity (ISWT distance: 73 ± 15 and 52 ± 13 % of predict) and MVC QF (26 ± 11 kg and 22 ± 10 kg). Lower values of NS/day were observed in patients compared to controls (9,526 ± 5,843 and 12,009 6,031; P = 0.052) and for quality of life as well. Conclusion: The field tests, step tests and ISWT, are reproducible in patients with BCQ. The ISWT is more sensitive in detecting desaturation in this population. Patients with BCQ present reduced aerobic capacity, muscle strength of the QF, physical activity in daily life, and impairment of health-related quality of life.
Palavras-chave: bronquiectasia
capacidade de exercício
desaturação
atividade física
qualidade de vida
bronchiectasis
capacity exercise
desaturation
physical activity
quality of life
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Nove de Julho
Sigla da instituição: UNINOVE
Departamento: Saúde
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação
Citação: CAMARGO, Anderson Alves de. Capacidade física, função muscular e atividade de vida diária em pacientes com bronquiectasia.. 2013. 124 f. Dissertação (Mestrado em Saúde) - Universidade Nove de Julho, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/876
Data de defesa: 14-Dec-2013
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação

Files in This Item:
File SizeFormat 
B_Anderson Alves Camargo.pdf2,56 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.