???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/805
Tipo do documento: Dissertação
Título: Comparação entre os efeitos da massoterapia e da placa miorrelaxante de Michigan sobre a dor e o sinal eletromiográfico de pacientes bruxistas com DTM: ensaio clínico controlado e randomizado.
Autor: Andrade, Daniel Ventura de 
Primeiro orientador: Biasotto-Gonzalez, Daniela Aparecida
Primeiro coorientador: Corrêa, João Carlos Ferrari
Primeiro membro da banca: Silvério, Kelly Cristina Alves
Segundo membro da banca: Martins, Manoela Domingues
Resumo: A Disfunção Temporomandibular (DTM) é uma doença com alta prevalência, de etiologia multifatorial e que constitui um dos difíceis desafios para a saúde, quanto ao diagnóstico e o tratamento. O objetivo deste ensaio clínico controlado e randomizado, foi comparar os efeitos da massoterapia, da placa de Michigan e de ambas combinadas, sobre a dor e o sinal eletromiográfico de pacientes bruxistas com disfunção temporomandibular. A amostra foi composta por 60 sujeitos, divididos em 4 grupos. Destes, três experimentais, compostos por indivíduos bruxistas e com DTM, foram tratados com massoterapia (grupo A), placa de Michigan (grupo B) e ambas combinadas (grupo C), respectivamente, por quatro semanas, já o grupo controle (grupo D), foi composto por sujeitos livres de sinais ou sintomas de bruxismo ou DTM e não recebeu tratamento. Todos os sujeitos passaram por avaliação eletromiográfica dos músculos mastigatórios e da dor, pré e pós intervenção. Os resultados mostraram que apenas nos grupos A e C, houve redução significativa da dor (p=0,0008), sendo que o Grupo C (terapia combinada) apresentou a melhora mais significativa (69,58%). Entretanto, não houve diferença significativa na atividade elétrica dos músculos avaliados. Concluímos que utilizar somente a placa de Michigan por 4 semanas, não altera significativamente a dor ou sinal eletromiográfico de bruxistas com DTM, já a massoterapia e sua associação com a placa de Michigan, foram eficazes para o controle (tratamento) da dor.
Abstract: Due to the multifactorial etiology of temporomandibular disorder (TMD), it persists as a difficult challenge for health professionals towards its diagnosis and treatment. As a consequence of its high prevalence and damaging potential, it is essential that we understand its peculiarities and features, and the electromyography is the only exam that assesses possible muscle alterations derived from bruxism. This study comprised of a randomized, double blind, controlled clinical trial, where we compared the effects of massage therapy with that of the Michigan type occlusal splint and with the combined therapy utilizing both the massage and the mentioned splint on the electromyographic signal of bruxist patients with temporomandibular disorder. The sample comprised of 60 subjects was randomly divided into 4 groups. Of these, 3 experimental groups comprised of subjects with signs and symptoms of bruxism and temporomandibular disorder, which were treated with massage therapy (group A), Michigan type occlusal splint (group B) and both massage therapy and the occlusal splint (group C), respectively, for four weeks. The control group (group D) comprised of symptom-free subjects of bruxism or temporomandibular disorder, and they did not receive any type of treatment. All subjects were submitted to the EMG assessment of masticatory muscles and pain, pre and post treatment. The results showed that only the groups A and C, presented a significantly decrease in pain (p=0,0008), and combination therapy presented the most significant improvement (69.58%). However, significant differences were not observed in any group regarding the electrical activity of the assessed muscles. We concluded that only use Michigan type occlusal splint for four weeks did not present significant differences regarding the electromyographic signal and pain of bruxist patients with temporomandibular disorder. The massage treatment and your association with the Michigan occlusal splint treatment can reduce pain
Palavras-chave: Bruxismo
Massoterapia: Eletromiografia
Disfunção temporomandibular
Dor
Bruxism
Massage therapy
Electromyography
Temporomandibular disorder
Pain
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Nove de Julho
Sigla da instituição: UNINOVE
Departamento: Saúde
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação
Citação: ANDRADE, Daniel Ventura de. Comparação entre os efeitos da massoterapia e da placa miorrelaxante de Michigan sobre a dor e o sinal eletromiográfico de pacientes bruxistas com DTM: ensaio clínico controlado e randomizado.. 2009. 47 f. Dissertação (Mestrado em Saúde) - Universidade Nove de Julho, São Paulo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/805
Data de defesa: 8-Dec-2009
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação

Files in This Item:
File SizeFormat 
B_Daniel Ventura de Andrade.pdf184,25 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.