???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/1740
Tipo do documento: Tese
Título: O pensamento complexo de Edgar Morin: subsídios teóricos para a superação da fragmentada formação do professor de educação física
Autor: Pereira, Dimitri Wuo 
Primeiro orientador: Severino, Antonio Joaquim
Primeiro membro da banca: Severino, Antonio Joaquim
Segundo membro da banca: Dias, Elaine Teresinha Dal Mas
Terceiro membro da banca: Lorieri, Marcos Antonio
Quarto membro da banca: Gimenez, Roberto
Quinto membro da banca: Neira, Marcos Garcia
Resumo: A graduação em Educação Física foi influenciada por suas origens militares, higiênicas e esportivas no Brasil. A partir da década de 80, ela recebeu alterações do pensamento científico que se firmou na área. Porém, a Educação Física, nem sempre prepara o profissional para enfrentar os desafios da atuação na escola, talvez pela formação acadêmica rodeada de diversas teorias que não dialogam entre si. Pode-se dizer que são tantas as vertentes, que muitos professores talvez as desconheçam ou as compreendam parcialmente. Este problema gera fragmentação do conhecimento, reduzindo as concepções de Educação Física à determinados paradigmas. Se houve melhora na fundamentação teórica, desde o final do século XX, ainda persiste a falta de articulação dos conhecimentos, provocando o esfacelamento do sentido da Educação Física escolar e a desvalorização do professor. Acredita-se que tecer os conhecimentos em cadeia é uma necessidade para que o professor possa compreender melhor seu papel na escola e sua contribuição específica na formação de crianças e jovens. Edgar Morin, com seu pensamento complexo critica essa postura científica que separa os saberes, sem promover o diálogo de ideias, da percepção do todo e das partes e da perspectiva complementar entre pensamentos opostos. Assim, a complexidade é a base em que se sustentará a argumentação, cujo caráter teórico, se coaduna com a visão de práxis educativa, pois, acredita-se no processo de ação-reflexão-ação como, promotor de uma reformulação do pensamento, a partir da realidade da formação, evitando idealizações e universalizações do conhecimento. Propôs-se nesta tese, discutir as teorias da área para apontar um caminho possível à formação de professores. Conclui-se este trabalho mostrando que a Educação Física não é redutível a uma essência e que ela possui quatro princípios geradores de conhecimentos que devem ser articulados: o movimento, a vida, a cultura e a humanidade. Estes pilares são pontos de partida para os ensinamentos que devem ser compreendidos pelos estudantes de forma recursiva, isto é, um pilar influencia o outro agregando-lhe valores, muitas vezes, inexistentes nele. Acredita-se que a formação pode ser desenvolvida como um jogo, em que, a partir de qualquer pilar se pode alcançar nos outros a oposição e complementaridade que permitirão novos debates, olhares e propostas de resolução do problema complexo que é educar. Este jogo dos saberes pode acrescentar muito à atual formação de professores, pois permite navegar pelo mar das incertezas do conhecimento da Educação Física, passando pelas ilhas da certeza das teorias que já produziram conhecimentos importantes para o professor. Assim será possível caminhar mais confiante na atuação profissional.
Abstract: The graduation in Physical Education was influenced by its military, hygienic and sportive origins in Brazil. From the 80’s, it’s received some changing from the scientific thought that was established in the area. However, Physical Education does not always prepare the professional to face the challenges of acting in the school, perhaps for the academic graduation is surrounded of theories that do not dialogue to each other. It can be said that are so many strands which many teachers unaware or partially understand them. This issue creates a fragmentation of the knowledge, reducing the Physical Education conceptions to certain paradigms. If there was improvement in the theoretical foundation, since the end of the twentieth century, there still remains a lack of articulation among the knowledge, causing the disintegration of the sense of Physical Education at school and the depreciation of the teacher. It is believed that weaving the knowledge in the chain is a necessity to the teacher understand better his role at school; and, his specific contribution in the formation of children and young. Edgar Morin, with his complex thought, criticizes this scientific attitude that separate the knowledge without, promoting the dialogue of ideas, the perception of the whole and the parts, and the complementary perspective between opposite thoughts. Thus, the complexity is the basis that is going to support the argumentation, in which the theoretical character with an educational praxis view, therefore it believes in the process of action-reflection-action, as a promoter of the thought reformulation from the reality of the graduation, avoiding idealization and universalization to knowledge. It was the purpose of this thesis, discussing these theories and point out a possible way to the graduation of teachers. This paper ends showing that the Physical Education is not reducible to one essence and it has four principles that create knowledge which should be articulated: the movement, the life, the culture and the humanity. These pillars are the starting points that should be understood by the students as recursive form, that is, a pillar influences the other adding some values that were not in it before. It is believed that graduation can be developed like a game, whereby beginning with any pillar it is possible to reach in the others the opposite and complementary that will allow new debates, looks and proposals to solve the complex problem that is to educate. This knowledge game can add very much to the teacher graduation, because it allows navigate by the ocean of uncertainties of Physical Education knowledge passing through the island of certain which produced important knowledge to the teachers. This will make it possible to walk more confident in your professional practice.
La formación en Educación Física fue influenciada por sus orígenes militares, higiénicas y deportivas en Brasil. Solo en la década de 80, recibió cambios por el pensamiento científico que se firmó en el área. Sin embargo, la Educación Física ni siempre prepara el profesional para enfrentar los desafíos de su actuación en la escuela, tal vez por la formación académica rodeada de diversas teorías que no dialogan entre sí. Se puede decir que son tantas las vertientes, que muchos profesores tal vez las desconocen o las comprendan parcialmente. Esa cuestión crea la fragmentación del conocimiento, reduciendo las concepciones de la Educación Física a ciertos paradigmas. Si ha habido una mejora en las bases teóricas, desde el final del siglo XX, todavía persiste la falta de articulación de los conocimientos, provocando o esfacelar del sentido de la Educación Física escolar y la devaluación del maestro. Cree que tejer los conocimientos en cadena es una necesidad para que el maestro pueda comprender mejor su papel en la escuela y su contribución especifica en la formación de los niños y jóvenes. Edgar Morin, con su pensamiento complejo critica esa actitud científica que separa los saberes, sin promover un diálogo de ideas, de la percepción del todo y de las partes y de la perspectiva complementaria entre pensamientos opuestos. Así, la complejidad es la base en que se sostendrá la argumentación, cuyo carácter teórico se une con una visión de praxis educativa, pues, cree en el proceso de acción-reflexión-acción como, un promotor de la reformulación del pensamiento, a partir de la realidad de la capacitación, evitando las idealizaciones y universalizaciones del conocimiento. Se ha propuesto en esa tesis, discutir esas teorías y apuntar un camino posible a la formación de profesores. Se concluye ese trabajo mostrando que la Educación Física no está limitada a una esencia y que ella posee cuatro principios generadores de conocimiento que deben ser articulados: el movimiento, la vida, la cultura y la humanidad. Estos pilares son puntos de partida para los enseñamientos que deben ser comprendidos por los estudiantes de forma recursiva, o sea, un pilar influencia el otro añadiendo valores, muchas veces, no existentes en él. Créese que la capacitación puede ser desarrollada como un juego, en que, a partir de cualquier uno de los pilares se puede alcanzar en los otros la oposición y complementariedad que permitirán nuevos debates, miradas y propuestas de solución del problema complejo que es educar. Este juego de saberes puede añadir mucho a la actual formación de los maestros, pues permite navegar por el mar de incertidumbres del conocimiento de la Educación Física, pasando por islas de la certeza que ya produjeron conocimientos importantes para que el maestro. Así pueda caminar más confiado en su actuación profesional.
Palavras-chave: formação profissional
educação física
complexidade
conhecimento
teorias
professional graduation
physical education
complexity
knowledge
theories
capacitación profesional
educación física
complejidad
conocimiento
teorías
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Nove de Julho
Sigla da instituição: UNINOVE
Departamento: Educação
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citação: Pereira, Dimitri Wuo. O pensamento complexo de Edgar Morin: subsídios teóricos para a superação da fragmentada formação do professor de educação física. 2017. 152 f. Tese( Programa de Pós-Graduação em Educação) - Universidade Nove de Julho, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/1740
Data de defesa: 19-Dec-2017
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dimitri Wuo Pereira.pdfDimitri Wuo Pereira1,87 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.