Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/398
Tipo do documento: Dissertação
Título: A razão para o iluminismo e para o pensamento complexo: possíveis implicações desse estudo para o ensino de filosofia no ensino médio.
Título(s) alternativo(s): The reason for the Enlightenment and the complex thought: possible implications of this study for teaching philosophy in high school.
Autor: Kamesu, Oscar Kiyomitsu 
Primeiro orientador: Lorieri, Marcos Antonio
Primeiro membro da banca: Pereira, Potiguara Acácio
Segundo membro da banca: Queiróz, José J.
Resumo: A razão constitui-se um dos elementos fundamentais que contribuem para a formação humana. Em relação à filosofia e ao seu ensino, ela é essencial. O presente trabalho procura investigar e mostrar que os entendimentos de razão para o Iluminismo e o pensamento complexo contribuem para o ensino de filosofia no ensino médio. O pensamento complexo é investigado a partir das obras de Edgar Morin, que propõe a religação dos saberes. O Iluminismo foi caracterizado como uma tendência intelectual que por meio da razão e do pensamento crítico combate as várias formas de heteronomia. As obras do ensaísta Sérgio Paulo Rouanet, que se autodenomina como um herdeiro do Iluminismo, foram examinadas mais detidamente. O exame da razão Iluminista mostrou que ela é essencialmente crítica, pois só uma razão crítica é capaz de promover indivíduos autônomos. O entendimento de razão para o pensamento complexo revela que ela é dialógica. Dialógica porque a razão se abre e dialoga com os vários elementos considerados como antagônicos e concorrentes tais como o mito, as emoções. É uma razão aberta, que faz o exame autocrítico para evitar o seu fechamento. Apesar das diferenças entre pensamento complexo e Iluminismo, o ponto de convergência, ressaltado na pesquisa, é que ambos concebem a razão como crítica e autocrítica. Somente uma razão que seja crítica e autocrítica é capaz de combater as suas ilusões e desvios. Os desvios e ilusões resultam do fechamento da razão ao diálogo, o que gera a racionalização e também a sua instrumentalização. Quanto ao ensino de filosofia foi defendida a tese de que ele deve combater e evitar todo tipo de dogmatismo, ceticismo e relativismo que impedem o diálogo e a reflexão crítica entre os jovens. Conclui-se que a razão crítica e autocrítica, resultada do entendimento do pensamento complexo e do Iluminismo aparece como apta a contribuir para tal tarefa
Abstract: One of the fundamental principals for an individual formation is reason. It is essential when it refers to philosophy and its teaching. This work aims to investigate and demonstrate the understandings on reason to Illuminism and the complex thought have contributed to philosophy teaching in high-school. Complex thought is investigated from the works of Edgar Morin, whose proposition is the re-linking of knowledge. The Illuminism has been characterized as an intellectual tendency, which through reason and critical thought fights against several forms of heteronomy. The works of Sérgio Paulo Rouanet, who calls himself an Illuminism heir, have been deeply analyzed. The analysis of illuminist reason has shown it is essentially critical, since only critical reason is able to promote autonomy in individuals. The understandings of reason to complex thought reveal its dialogical pattern. Dialogical because reason opens itself and dialogues with the several elements considered antagonist and concurrent, as myth and emotion. It is an open reason, using the self-critical exam to avoid its closing. Although the differences between complex thought and Illuminism, the convergent point emphasized in this research is that both understand reason as critical and self-critical. Only critical and auto-critical reason must be able to fight against illusion and deviation. The deviation and illusion are results from the closing of reason to dialogue, creating rationalization and its instrumentalization. As the philosophy teaching, the thesis has defended the idea it should fight and avoid all kinds of dogmatism, skepticism and relativism, which are against the flow of dialogue and critical reflection among youths. The conclusion is the critical and self-critical reason, derivate from the understanding of complex thought and Illuminism, seems to be able to perform this task.
Palavras-chave: Razão
Iluminismo
Pensamento complexo
Ensino de filosofia
Reason
Illuminism
Complex thought
Philosophy teaching
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Nove de Julho
Sigla da instituição: Uninove
Departamento: Educação
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citação: KAMESU, Oscar Kiyomitsu. The reason for the Enlightenment and the complex thought: possible implications of this study for teaching philosophy in high school.. 2009. 138 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Nove de Julho, São Paulo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/398
Data de defesa: 18-Jun-2009
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Oscar.pdf772,49 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.