Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/402
Tipo do documento: Dissertação
Título: Silêncio e invisibilidade: a atitude discriminatória de professores diante da homossexualidade na escola.
Título(s) alternativo(s): Silence and invisibility: the discriminatory attitude of teachers on homosexuality in school.
Autor: Marsiglia, Denys Munhoz 
Primeiro orientador: Rios, Terezinha Azerêdo
Primeiro membro da banca: Dias, Elaine Teresinha Dal Mas
Segundo membro da banca: Fusari, José Cerchi
Resumo: Este trabalho tem como objeto-problema a atitude discriminatória de professores diante da homossexualidade na escola. Procurou-se, por meio de uma pesquisa bibliográfica, investigar o posicionamento da sociedade e da instituição escolar em relação à questão da sexualidade, identificar como a homossexualidade é considerada no contexto da escola e explorar as noções de preconceito e de discriminação, assim como os recursos para superá-los. Recorreu-se, entre outros, a Abramovay (2004), Aquino (1997, 1998, 2000), Brasil/MEC/SEF (1998), Chauí (1984), Louro (1997a, 1997b, 1998, 1999, 2001), e Rios (2006a, 2006b, 2006c, 2006d). Verificou-se que a identidade sexual e a de gênero das pessoas são interdependentes e construídas social e historicamente e que as sociedades estabelecem um padrão de normalidade para o comportamento sexual dos indivíduos. A homossexualidade aparece como um comportamento desviante e, portanto, submetida à discriminação, apesar dos movimentos de reação contra essa situação. Na medida em que a escola é uma instância de socialização de valores, nela se reflete a atitude discriminatória em relação à homossexualidade, por parte de alunos e de professores. O recurso à ética, como reflexão crítica sobre os valores que sustentam as ações e relações dos indivíduos e grupos na sociedade, é um elemento importante para superar essa atitude. Aponta-se, então, a necessidade da presença da ética na formação inicial e continuada de professores, no seu trabalho cotidiano, na organização curricular e na construção e desenvolvimento do projeto pedagógico da escola.
Abstract: This abstract has as a purpose to discuss the teacher s prejudice and discrimination attitude towards homosexuality in schools. It was investigated, through research, what society and school positioning is on the issue of sexuality, how homosexuality is identified, how it is considered in the context of the school, and also explore the concepts of prejudice and discrimination, and the resources to overcome them. Used, among others, the Abramovay (2004), Aquino (1997, 1998, 2000), Brazil / MEC / SEF (1998), Chaui (1984), Louro (1997a, 1997b, 1998, 1999, 2001), and Rios (2006a, 2006b, 2006c, 2006d). It was found that people s sexual identity and gender are interdependent and socially and historically constructed and that societies establish what is considered a normal pattern for the sexual behavior of individuals. The homosexuality appears as a deviant behavior, and thus subject of discrimination, despite movements of reaction against that. To the extent that the school is a place of socialization and values, we see reflected in it a discrimination attitude towards homosexuality on the part of pupils and teachers. The use of ethics as critical reflection on the values that underpin the actions and relations of individuals and groups in society, turns out to be an important element to overcome that attitude. Then it is established the need of ethics in the teacher s initial and continuing training in their daily work, in the curricular organization and in the planning and development of the school pedagogical projects.
Palavras-chave: Preconceito e discriminação
Sexualidade
Homofobia
Trabalho docente
Ética
Prejudice and discrimination
Sexuality
Homophobia
Teaching
Ethics
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Nove de Julho
Sigla da instituição: Uninove
Departamento: Educação
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citação: MARSIGLIA, Denys Munhoz. Silence and invisibility: the discriminatory attitude of teachers on homosexuality in school.. 2009. 111 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Nove de Julho, São Paulo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/402
Data de defesa: 29-Ago-2009
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
B_Denys Munhoz Marsiglia.pdf340,97 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.