???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/1028
Tipo do documento: Dissertação
Título: Influência da mobilização mandibular inespecífia de da massoterapia sobre a atividade eletomiográfica de músculos mastigatórios e o equilíbrio estático em indivíduos com disfunção temporomandibular: estudo clínico, aleatorizado e duplo cego
Autor: Hage, Yasmin El 
Primeiro orientador: Politti, Fabiano
Primeiro coorientador: Gonzalez, Tabajara de Oliveira
Primeiro membro da banca: Berzin, Fausto
Segundo membro da banca: Ferrari, Raquel Agnelli Mesquita
Resumo: Introdução: Muitos estudos têm utilizado a eletromiografia de superfície (EMG) para investigar a função ou disfunção dos músculos mastigatórios e suas associações com sinais e sintomas de DTM. Além disso, o sistema estomatognático e suas alterações podem estar relacionados à perturbação ou a uma contribuição em relação ao controle da postura. O objetivo deste estudo foi verificar a influência da massoterapia facial e da mobilização mandibular inespecífica sobre a atividade EMG de músculos mastigatórios, o equilíbrio estático, dor e amplitude de movimento mandibular em pacientes com DTM. Materiais e método: Trata-se de um ensaio clínico, controlado, aleatorizado e cego em que 312 voluntários foram recrutados e triados conforme os critérios pré-estabelecidos. A amostra foi composta por 30 indivíduos com DTM (2 homens e 28 mulheres, idade média de 23,43±6,68; altura média 1,65±0,06; peso médio 66,62±11,17; IMC médio 24,10±3,3) que formaram 2 grupos: grupo controle-massoterapia facial (GC) e grupo mobilização mandibular inespecífica (GMI). Todos os grupos foram avaliados nas condições: pré tratamento (PMS), pós tratamento imediato (PMSI) e pós tratamento (PTMS), por meio do questionário RDC/TMD, Índice Anamnésico de Fonseca, eletromiografia dos músculos masseter e temporal, e estabilometria. O protocolo deste estudo está cadastrado no Registo Brasileiro de Ensaios Clínicos ReBec: RBR9x8ssz.Resultados: A comparação entre os 3 momentos nos grupos tratados demonstrou diferença significante somente para a variável velocidade do CoP. O efeito das diferenças observadas no GC = 0,56 CoPML (olho fechado) e GMI = 0,42 e 0,47 para o CoPAP e CoPML respectivamente, na condição visual olho aberto. Em relação à EMG, somente foi encontrada diferença significante, na condição de repouso para o GC entre os músculos masseter e temporal (direito e esquerdo) (F(3,41)=11.68; p < 0,0001). As diferenças entre os músculos permaneceram as mesmas nas três condições analisadas (PMS, PMSI e PTMS), indicando que os tratamentos aplicados, não alteraram a função dos músculos estudados. Apenas o GMI demonstrou influência nas respostas da dor pós-tratamento (F(2,46)=3,46; p = 0,04), quando comparado com o GC na condição PTMS, indicando que a mobilização articular foi mais eficiente para o tratamento da dor nesses indivíduos.Discussão: Não há um consenso na literatura em relação à influência do sistema estomatognático sobre o controle postural, porém, também não há registros de investigação do comportamento do CoP após as intervenções que foram usadas. Em relação à atividade EMG dos músculos mastigatórios pós-tratamento, os estudos também são controversos. Os resultados encontrados divergem da literatura em relação a variável dor, porém a medida utilizada para esse parâmetro não foi a mesma apresentada nos outros trabalhos. Os resultados do presente estudo mostraram que as técnicas utilizadas não influenciaram as variáveis estudadas (atividade EMG dos músculos temporal anterior e masseter, medidas do CoP, sinais e sintomas clínicos de DTM).
Abstract: Background: A number of studies have been using the sEMG in order to investigate the function or dysfunction of masticatory muscles and its associations with TMD signs and symptoms. Moreover, the stomatognatic system and its dysfunctions might be related to postural control, acting as a regulating or disturbing instrument. This study outcome allowed to verify if the facial massage therapy or the non-specific mandible mobilization produce any effect over the masticatory muscles and over the postural control. Materials and method: It is a randomized, blinded, clinical trial, where 312 voluntaries were recruited according to the pre-established criteria. The sample was composed by 30-TMD subjects (2 male and 28 female, mean age 23,43±6,68; mean high1,65±0,06; mean weight 66,62±11,17; mean CMI 24,10±3,3) which formed 2 groups: CG (control group-massage therapy) and NMG (non-specific mobilization group). Both groups were evaluated on the conditions (pre-treatment (PMS), post-immediate treatment (PMSI) and post treatment (PTMS), using RDC/TMD, Fonseca´s Anamnesic Index, anterior temporalis and masseter EMG and stabilommetry. This study protocol is registered on the Registo Brasileiro de Ensaios Clínicos ReBec: RBR9x8ssz. Results: The 3 moment comparison of the treated groups showed significant difference only for the variable CoP velocity. The difference effect observed on CG = 0,56 CoPML (closed eyes) and NSM = 0,42 and 0,47 for the CoPAP and CoPML, respectively, open eyes condition. These results confirm that the treatments used do not modify the postural control. Concerning EMG, significant difference was only found on the rest condition for CG between masseter and temporalis muscles (right and left) (F(3,41)=11.68; p < 0,0001). The differences between the muscles remained the same on the 3 conditions (PMS, PMSI e PTMS), indicating that the applied treatments did not modify the function of the studied muscles. Only NMG showed influency after treatment on pain (F(2,46)=3,46; p = 0,04), when compared to CG on the PTMS condition, indicating that joit mobilization was more effective for the treatment of pain on these subjects. Discussion: There is no an agreement on the literature related to the influence of the stomatognatic system on the postural control, however, there are no registries of CoP behavior investigation after the techniques we used. Concerning the EMG activity of the studied muscles, the studies are also controversy. Our results disagree to the literature regarding the variable pain. Nevertheless the measure technique used for this parameter was not the same as the one presented by other studies. The results of the present study showed that the applied techniques did not influence the studied variables (anterior temporalis and masseter EMG activity, CoP measurements, TMD signs and symptoms).
Palavras-chave: transtornos da articulação temporomandibular
eletromiografia
equilíbrio postural
terapias complementares
modalidades de fisioterapia
temporomandibular joint disorders
eletromiography
postural balance
complementary therapies
physical therapy modalities
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Nove de Julho
Sigla da instituição: UNINOVE
Departamento: Saúde
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação
Citação: Hage, Yasmin El. Influência da mobilização mandibular inespecífia de da massoterapia sobre a atividade eletomiográfica de músculos mastigatórios e o equilíbrio estático em indivíduos com disfunção temporomandibular: Estudo clínico, aleatorizado e duplo cego. 2012. 143 f. Dissertação ( Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação) - Universidade Nove de Julho, São Paulo .
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/1028
Data de defesa: 11-Dec-2012
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
B_Yasmin El Hage.pdfYasmin El Hage2,84 MBAdobe PDFDownload/Open Preview    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.