???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/1853
Tipo do documento: Dissertação
Título: Avaliação da dor, mobilidade cervical e eletromiografia do músculo trapézio em pacientes com cervicalgia inespecífica pré e pós mobilização visceral: estudo placebo controlado, randomizado cego
Título(s) alternativo(s): Evaluation of the pain, cervical range of movement and electromyography of the upper trapezius muscle in non specific neck pain patient port (cervical) visceral mobilization: a randomized, placebo controlled, blind study
Autor: Silva, Andréia Cristina de Oliveira 
Primeiro orientador: Politti, Fabiano
Primeiro coorientador: Oliveira, Claudia Santos
Primeiro membro da banca: Politti, Fabiano
Segundo membro da banca: Lucareli, Paulo Roberto Garcia
Terceiro membro da banca: Freitas, Sandra Maria Sbeghen Ferreira
Resumo: A cervicalgia inespecífica (CI) pode ser decorrente de causas multifatoriais, como por exemplo, uma alteração na mobilidade ou funcionamento de vísceras que se encontram na cavidade abdominal, devido à uma possível relação neural entre essas duas regiões. O objetivo desse estudo foi avaliar a dor, mobilidade cervical e a atividade eletromiográfica (EMG) do músculo trapézio fibras descendentes (TFD) em pacientes com CI pré e pós mobilização visceral (MV) imediata e após 7 dias. Esse foi um estudo, placebo controlado, randomizado cego, composto por 30 indivíduos com CI distribuídos em dois grupos: GM: 15 indivíduos tratados com mobilização visceral e GP: 15 indivíduos que receberam tratamento placebo. Os possíveis efeitos da MV foram verificados pela análise da dor realizada por meio da Escala Numérica Verbal de Dor (ENVD) e pela mensuração da área de dor, pela atividade eletromiográfica do músculo TFD e pela mobilidade cervical. Na análise da mobilidade e da dor verificada pela área da dor, ENVD e algometria, não foi encontrada nenhuma diferença significativa (p>0,05) entre os grupos estudados. Os resultados obtidos na ANOVA das interações grupo (F=0,09, p=0,05; p2 <0,001) e tratamento vs grupo (F=0,69, p=0,49; p2 =0,006), não demostraram influência da MV na amplitude do sinal EMG do músculo TFD. O presente estudo demonstrou que uma única intervenção de manipulação visceral, do estômago e fígado, não altera a dor, mobilidade cervical e sinal eletromiográfico do músculo trapézio fibras descendentes, tanto no pós tratamento imediato, como após 7 dias.
Abstract: Non-specific neck pain (NS-NP) is characterized by multifactorial causes, such as a change in the mobility or functioning of viscera that are found in the abdominal cavity, due to a possible neural relationship between these two regions. Thus, the objective of this study was to evaluate the pain, cervical mobility and electromyographic activity of the upper trapezius (UT) muscle in patients with NS-NP pre and post immediately visceral manipulation (VM) and after 7 days. This study was a placebo-controlled, randomized, blind study of subjects with IC. Thirty individuals with NS-NP were divided into two groups: Manipulation Group: 15 subjects treated with visceral manipulation and Placebo Group: 15 subjects receiving placebo treatment. The possible effects of the therapy were verified by the analysis of the pain performed through the Numeric Pain Rating Scale (NPRS) and by the measurement of the area of pain, the electromyographic activity of the UT muscle and the cervical mobility. In the analysis of mobility and pain verified by the area of pain, NPRS and algometry, no significant difference (p> 0.05) was found between the studied groups. The results obtained in the ANOVA of the group interaction (F = 0.09, p = 0.05, p2 <0.001) and treatment vs group (F = 0.69, p = 0.49, p2 = 0.006), showed no influence of VM on the amplitude of the electromyographic signal of the UT muscle. The present study demonstrated that a single intervention of visceral manipulation, of the stomach and liver, does not alter the pain, cervical mobility and electromyographic signal of trapezius muscle descending fibers, both in immediate posttraining and after 7 days.
Palavras-chave: cervicalgia inespecífica
mobilização visceral
eletromiografia
modalidades de tratamento
non-specific neck pain
visceral manipulation
electromyography
treatment modalities
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Nove de Julho
Sigla da instituição: UNINOVE
Departamento: Saúde
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação
Citação: Silva, Andréia Cristina de Oliveira. Avaliação da dor, mobilidade cervical e eletromiografia do músculo trapézio em pacientes com cervicalgia inespecífica pré e pós mobilização visceral: estudo placebo controlado, randomizado cego. 2016. 75 f. Dissertação( Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação) - Universidade Nove de Julho, São Paulo.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/1853
Data de defesa: 12-Dec-2016
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Andréia Cristina de Oliveira Silva.pdfAndréia Cristina de Oliveira Silva1,17 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.