???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/2578
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorMagalhães, Fábio Luís Falchi de-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/4688239140122024por
dc.contributor.advisor1Gaspar, Marcos Antônio-
dc.contributor.referee1Gaspar, Marcos Antônio-
dc.contributor.referee2Luciano, Edimara Mezzomo-
dc.contributor.referee3Perez, Gilberto-
dc.contributor.referee4Dias, Cleber Gustavo-
dc.contributor.referee5Costa, Ivanir-
dc.date.accessioned2021-10-05T14:23:32Z-
dc.date.issued2018-06-19-
dc.identifier.citationMagalhães, Fábio Luís Falchi de. O campo científico da governança da tecnologia da informação no Brasil: institucionalização e capital científico. 2018. 331 f. Tese( Programa de Pós-Graduação em Informática e Gestão do Conhecimento) - Universidade Nove de Julho, São Paulo.por
dc.identifier.urihttp://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/2578-
dc.description.resumoCom mais de vinte anos de existência, a Governança da Tecnologia da Informação (GTI) é um tema emergente em pleno crescimento, tanto na academia, como no âmbito empresarial. Oriunda de diversas áreas do conhecimento, a GTI tem se desenvolvido como um tópico em constante mudança. Considerando-se os vários problemas e desafios apresentados na literatura pertinente, sob a óptica da Teoria Institucional, o objetivo desta pesquisa é compreender como estão os componentes da institucionalização e de capital científico da GTI em relação à consolidação desta área de investigação como um campo científico no Brasil. O processo metodológico percorrido para tanto enquadra-se como estratégia de triangulação concomitante, realizado a partir de pesquisa básica com aplicação de métodos mistos centrada em duas grandes fases de abordagens quali/quantitativa e de natureza exploratória-descritiva. Na fase documental, foi realizado levantamento calcado em ampla pesquisa bibliográfica e documental, com apoio da técnica de análise de conteúdo, bem como, de análise estatística descritiva. Para a fase campo, o método escolhido foi a pesquisa Delphi, utilizando-se de questionário com apoio da técnica de análise de conteúdo aplicada aos pesquisadores da área em questão. Conclui-se que a GTI se estabelece como um novo campo científico, bem como, uma disciplina de referência num estágio intermediário ‘semi-institucional’, ao menos, no contexto brasileiro. Há um capital científico constituído, o que engloba um corpo de cientistas com linhas de pesquisas inseridas em diferentes Programas de Pós-graduação Stricto Sensu espalhados pelo país. Aliás, verifica-se a existência de ao menos duas comunidades de pesquisadores voltados à GTI, quais sejam: ‘Ciências Sociais Aplicadas’ e ‘Ciências Exatas e da Terra / Engenharias / Multidisciplinar’, compreendidas em cinco das 49 áreas de avaliação da CAPES. Tal pluralidade permite a discussão de GTI sob diferenciados enfoques, configurando-se deste modo, como uma área de pesquisa interdisciplinar em sua essência, porém com maior aderência às áreas ‘Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo’ e ‘Interdisciplinar’. Além disso, verificou-se uma clara cifra de trabalhos concluídos, seja teses, dissertações, publicações em periódicos e eventos científicos, sendo que somadas, resultam em mais de quatro centenas de produções desenvolvidas em catorze anos de pesquisa. Foi possível constatar quais são os principais meios de publicação em GTI, assim como, os pesquisadores de maior relevância na temática. Contudo, é necessário maior rigor, definição das fronteiras e conceitos basilares, bem como, constructos e modelos adaptados à cada realidade e organização. A inserção e interação dos pesquisadores com os praticantes de mercado para o desenvolvimento de pesquisa aplicada aos problemas e demandas reais das organizações são outros aspectos relevantes diagnosticados nesta pesquisa. Todavia, apesar dos modelos de boas práticas serem classificados como marcos teóricos significativos, deve-se atenuar os estudos que estejam simplesmente embasados nesses frameworks. Isto posto, faz-se necessária a ampliação de estudos baseados em teorias e o desenvolvimento de novas teorias e, em especial, pesquisas a serem realizadas em conjunto com a comunidade internacional. Em síntese, as características expostas configuram-se nos maiores desafios para a expansão da identidade e de legitimação da GTI como campo científico.por
dc.description.abstractThe scientific field of Information Technology Governance in Brazil: institutionalization and scientific capital. With more than 20 years of existence, Information Technology Governance (ITG) is an emerging topic in full growth, both at the academy and at the corporate level. Relying on several areas of knowledge, ITG has developed as a constantly changing topic. Considering the various problems and challenges presented in the pertinent literature, from the perspective of the Institutional Theory, the objective of this research is to understand how are the components of the institutionalization and scientific capital of the ITG concerning the consolidation of this area of research as a scientific field in Brazil. The methodological process covered is part of a joint triangulation strategy, based on basic research using mixed methods focused on two major phases of qualitative and quantitative approaches, exploratory and descriptive. In the documentary phase, a survey was carried out based on extensive bibliographical and documentary research, with the support of the content analysis technique, as well as descriptive statistical analysis. For the field phase, the method chosen was the Delphi research, using a questionnaire with the support of the technique of content analysis applied to the researchers of the area in question. It is concluded that ITG establishes itself as a new scientific field, as well as, a reference discipline, within a ‘semi-institutional’ intermediate stage, at least in the Brazilian context. There is a scientific capital constituted, which includes a body of scientists with lines of research inserted in different Graduate Programs scattered throughout the country. There are at least two communities of researchers focused on ITG, namely: ‘Applied Social Sciences’ and ‘Exact and Earth Sciences / Engineering / Multidisciplinary’ comprised in five of the 49 evaluation areas of ‘Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior’ (CAPES), the Brazilian foundation. Such plurality allows its discussion under different approaches, thus forming an area of interdisciplinary research in its essence, but with higher adherence to the areas ‘Public and Business Administration, Accounting, and Tourism’ and ‘Interdisciplinary’. Besides, there was a definite number of completed works, theses, and dissertations, publications in periodicals and scientific events, all of which resulted in more than four hundred productions developed in fourteen years of research. It was possible to verify which are the primary means of publication in ITG, as well as the researchers of greater relevance. However, greater rigor is needed, a definition of borders and basic concepts, as well as constructs and models adapted to each reality and organization. The insertion and interaction of the researchers with the market practitioners for the development of research applied to the real problems and demands of the organizations are other relevant aspects. However, although good practice models are classified as significant theoretical frameworks, studies that are merely based on these frameworks should be attenuated. That said, it is necessary to expand studies based on theories and the development of new theories, especially in conjunction with the international community. These are the significant challenges for identity expansion and legitimacy in this field. Keywords: Information technology Governance; Information Technology;eng
dc.description.provenanceSubmitted by Nadir Basilio (nadirsb@uninove.br) on 2021-10-05T14:23:32Z No. of bitstreams: 1 Fábio Luís Falchi de Magalhães.pdf: 4060255 bytes, checksum: 7abe43db60a6d851ad7be2a45e5e458f (MD5)eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2021-10-05T14:23:32Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Fábio Luís Falchi de Magalhães.pdf: 4060255 bytes, checksum: 7abe43db60a6d851ad7be2a45e5e458f (MD5) Previous issue date: 2018-06-19eng
dc.formatapplication/pdf*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Nove de Julhopor
dc.publisher.departmentInformáticapor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUNINOVEpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Informática e Gestão do Conhecimentopor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectgovernança da tecnologia da informaçãopor
dc.subjecttecnologia da informaçãopor
dc.subjectinstitucionalizaçãopor
dc.subjectcampo científicopor
dc.subjectcapital científicopor
dc.subjectinformation technology governanceeng
dc.subjectinformation technologyeng
dc.subjectinstitutionalizationeng
dc.subjectscientific fieldeng
dc.subjectscientific capitaleng
dc.subject.cnpqCIENCIA DA COMPUTACAO::SISTEMAS DE COMPUTACAOpor
dc.titleO campo científico da governança da tecnologia da informação no Brasil: institucionalização e capital científicopor
dc.title.alternativeThe scientific field of information technology governance in Brazil: institutionalization and scientific capitaleng
dc.typeTesepor
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Informática e Gestão do Conhecimento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fábio Luís Falchi de Magalhães.pdfFábio Luís Falchi de Magalhães3,97 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.