???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://bibliotecatede.uninove.br/handle/tede/537
Tipo do documento: Dissertação
Título: Repercussões da implementação do ensino fundamental de nove anos sobre as práticas de professores do 1º ano de rede municipal de ensino de São Paulo.
Autor: Meirelles, Valéria Aparecida da Silva Passos 
Primeiro orientador: Russo, Miguel Henrique
Primeiro membro da banca: Carvalho, Celso do Prado Ferraz de
Segundo membro da banca: Adrião, Theresa Maria de Freitas
Terceiro membro da banca: Romão, José Eustáquio
Resumo: O Ensino Fundamental de nove anos balizou esse estudo, que teve o objetivo de detectar e analisar a repercussão da implementação dessa política educacional sobre as práticas de professores do 1º ano de escolas da Rede Municipal de Ensino de São Paulo. Como forma de contextualizar o objeto da pesquisa, foi traçada a trajetória dessa política educacional até sua implantação na referida rede, em 2010. A pesquisa, de modalidade qualitativa, envolveu como procedimentos as análises: documental, bibliográfica e de entrevista. As observações assistemáticas feitas durante as visitas foram empregadas nas análises e na descrição contextual das onze escolas lócus desta investigação. Esse estudo privilegiou os dados coletados nas entrevistas semiestruturadas, realizadas com treze professores que lecionavam no 1º ano, em 2012, nas escolas focadas. Dos depoimentos dos docentes foi possível depreender a percepção que eles tiveram da preparação para a implementação do Ensino Fundamental de nove anos da Rede Municipal de Ensino, das escolas e de si próprios. Foi também revelada, por meio das entrevistas, a forma com que os professores participantes têm lidado com o novo currículo, sobretudo, pela ênfase que têm imprimido à alfabetização das crianças de seis anos, bem como o investimento que têm feito nas atividades lúdicas e brincadeiras. Na análise dos dados obtidos foram feitas articulações com as legislações, documentos de orientação elaborados pelo Ministério da Educação e pela Secretaria Municipal de Educação para o Ensino Fundamental de nove anos , e também com os estudos de autores e pesquisadores que se dedicam a esse tema. Os elementos reunidos por esta pesquisa apontam para mudanças provocadas pelo ingresso da criança de seis anos nas escolas investigadas, mesmo que em poucos aspectos, como a instalação de "parquinhos" e brinquedotecas. Foram também detectadas alterações nas práticas dos professores entrevistados, que passaram a reavaliar a condução das aprendizagens da alfabetização e investir nas atividades lúdicas e brincadeiras. As mudanças se mostraram incipientes e em diversas intensidades, mas revelaram que as crianças de seis anos, presentes naquelas instituições de ensino e em contato com aqueles profissionais, não passaram despercebidas. Sempre considerando os limites da abrangência desse estudo, que retratou uma realidade restrita, verificou-se que o ingresso da criança de seis anos nas Escolas Municipais de Ensino Fundamental da Rede Municipal de Ensino de São Paulo, decorrente da implementação do Ensino Fundamental de nove anos, repercutiu sobre as práticas dos professores do 1º ano. Fundamentaram as análises realizadas os trabalhos de: António Nóvoa, David Harvey, Dominique Julia, J. Gimeno Sacristán e Magda Soares, dentre outros.
Abstract: The nine years Fundamental Education buoyed this study that aimed to detect and analyze the impact of the implementation of this policy on the educational practices of teachers in the first year of school of municipal schools of São Paulo. In order to contextualize the research object, the trajectory of this educational policy has been traced from its implementation over those schools in 2010. Through a qualitative method the research used the documentary, bibliographical and interview analysis. Unsystematic observations made during the visits were used in analysis and contextual description of the eleven schools locus of this investigation. This study prioritized the data collected in semi-structured interviews conducted with thirteen teachers who taught in the first year, in 2012, in those schools. From the testimonies of the teachers was possible to infer their perception on the preparation for the implementation of the nine years Fundamental Education of municipal schools of São Paulo, of the schools and of themselves. It was also revealed through the interviews the way that participating teachers have dealt with the new curriculum, especially the emphasis that it has imprinted to the literacy of six-year old children and the investment that have been made in recreational activities and frolics. In the analysis of the obtained data, junctions were made with national laws and reference documents developed by the Ministry of Education and the City Department of Education - for the nine years Fundamental Education, and also with the studies of authors and researchers who are devoted to this topic. The evidence gathered by this research points to changes caused by the admission of the six-year old child in the investigated schools, even though in just a few aspects, as playgrounds and playrooms. Were also detected changes in the practices of the interviewed teachers who began to reassess the conduct of learning literacy and invest in recreational activities and frolics. The changes were revealed as incipient and in diverse intensities, but revealed that six-year old children who attended to those educational institutions and had contact with those professionals, have not passed unnoticed. Always considering the limits of the scope of this study, which portrayed a restricted reality, it was found that the admission of the six-year old child in the municipal elementary schools of São Paulo, from the implementation of the nine years Fundamental Education, reflected on the practices of teachers in the 1st year. The analysis were founded on the work of António Nóvoa, David Harvey, Dominique Julia, J. Gimeno Sacristán and Magda Soares, among others.
Palavras-chave: ensino fundamental de nove anos
rede municipal de ensino de São Paulo
alfabetização
brincar
prática docente
nine years fundamental education
municipal education of São Paulo
literacy
play
teaching practice
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Nove de Julho
Sigla da instituição: Uninove
Departamento: Educação
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citação: MEIRELLES, Valéria Aparecida da Silva Passos. Repercussões da implementação do ensino fundamental de nove anos sobre as práticas de professores do 1º ano de rede municipal de ensino de São Paulo.. 2013. 131 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Nove de Julho, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/537
Data de defesa: 18-Nov-2013
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File SizeFormat 
B_Valeria Aparecida da Silva Passos Meirelles.pdf1,58 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.